Operação Gentileza visa conscientizar usuários do Terminal Urbano sobre direitos de idosos, grávidas e pessoas com deficiência – Jornal A Gazeta

Operação Gentileza visa conscientizar usuários do Terminal Urbano sobre direitos de idosos, grávidas e pessoas com deficiência

A Prefeitura de Rio Branco, através da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Rbtrans) e da Secretaria-Adjunta da Juventude (Sejuv), está realizando a Operação Gentileza no Terminal Urbano.
De acordo com Gabriel Forneck, superintendente da Rbtrans, conflitos vinham ocorrendo na hora do desembarque quando usuários na plataforma tentavam entrar no ônibus, para garantir acento, ao mesmo tempo em que os passageiros desciam, gerando empurra-empurra e confusão. “É uma ação de conscientização sobre direitos das pessoas, principalmente idosos, gestantes e pessoas com deficiência”, disse Gabriel Forneck.
“O objetivo é que, com essa ação, gentileza gera gentileza”, tenhamos menos conflitos e mais respeito no Terminal, local de maior movimentação de pessoas da capital, completou Temyllis Silva, secretária de Juventude de Rio Branco.
A Operação Gentileza começou em outubro e quatro equipes de agentes da Sejuv fazem abordagens apoiados pelos Agentes de Trânsito nas três plataformas do Terminal Urbano, explicando sobre o direito do passageiro idoso, mulheres grávidas ou com crianças e pessoas com mobilidade reduzida de embarcarem prioritariamente.
No começo da noite desta segunda-feira, 27, por exemplo, os agentes puderam ajudar a família do cadeirante Arkley da Silva e Silva, que viajava acompanhado da esposa, Lenise de Oliveira e dos filhos Loara Vitória, de 3 anos, e João Vitor, 6. “É um trabalho importante. Ter ajuda e orientação é sempre bom”, disse Arkley. O grupo também ajudou a carregar o carrinho do bebê Luiz Kalleb, de 7 meses, cujos pais, Daniele e Ramon tomavam o ônibus da linha Distrito Industrial.
Segundo o coordenador das equipes da Sejuv, Vitor Oliveira, são ações que servem de exemplo de gentileza que pode gerar gentileza. Em vários momentos, o foco dessas ações são os estudantes que lotam o Terminal em determinados horários. A esses grupos, a Operação Gentileza visa conscientizar sobre o regular funcionamento do Terminal levando os estudantes a evitar correria e aglomerações nos locais de passagem. Desde que foi iniciada, a Operação Gentileza vem realizando média de 100 abordagens ao dia. (Assessoria PMRB)

Assuntos desta notícia