Operação Peixe Legal apreende carga de pescado na fronteira

Postado em 10/04/2017 16:21:52 Agência Acre

O Sistema Integrado de Segurança Pública (Sisp), em parceira com o Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal (Idaf), realizaram neste fim de semana a Operação Peixe Legal nas proximidades da zona urbana de Assis Brasil. O objetivo da ação era interceptar cargas de peixes contrabandeados que seriam comercializados na cidade de Iñapari, no Peru.

A operação contou com o serviço de inteligência da Secretaria de Segurança Pública (Sesp), Polícias Militar e Civil, Batalhão de Policiamento Ambiental (BPA), Batalhão de Trânsito (BPtran), Polícia Rodoviária Federal (PRF), e o Idaf.

O serviço de inteligência da Sesp estava há dois meses trabalhando no caso. Na sexta feira, um caminhão transportando duas toneladas de pirapitinga foi interceptado no bloqueio. O condutor não possuía a documentação da inspeção sanitária e nem nota fiscal, que são documentações necessárias para o transporte legal do pescado.

Durante a vistoria, foi constatado que o compartimento de carga não estava completamente fechado e nem dotado de isolamento térmico. O refrigerador do veículo não funcionava, além de apresentar sinais de ferrugem. “Essa nota fiscal deve andar junto com o motorista e o produto deve ser acondicionado corretamente, obedecendo às normas sanitárias“, disse o veterinário do Idaf, Marcelo Marques de Souza.

O peixe mal condicionado, como o encontrado na apreensão, se contamina com bactérias, o que causa intoxicação alimentar e se torna totalmente impróprio para consumo.

Fronteira – O tenente-coronel Antônio Teles responsável pela região do Alto Acre, disse que o Sisp irá atuar com mais controle na região. “O sistema integrado de segurança pública vem monitorando a saída desse peixe do Brasil para os países vizinhos. Nós já estamos aqui há dois dias e vamos permanecer durante todo o fim de semana”, afirmou Teles.

Foto/ Hugo Costa Secom

 

editorial

Tudo a ver

 

Agora, não é mais um político da oposição que está afirmando. É o comandante do Exército Brasileiro, general Eduardo Villas Boas, que está alertando que os sucessivos cortes que vem sendo feitos elo Governo Federal chegaram a tal ponto que comprometem a segurança nas fronteiras. Esses cortes são tão perversos que, ...

Leia mais...

clima

Rio Branco - AC
agazetanofacebook