Jornal A Gazeta

Oportuno e necessário

Mesmo com algumas posições divergentes, foi oportuno e necessário o debate que se estabeleceu ontem na abertura dos trabalhos do Judiciário, com as presenças do governador Tião Viana, magistrados, membros do Ministério Público Estadual e o presidente da OAB.


A começar pelo governador Tião Viana, ele voltou a insistir que o Governo do Estado, através das forças de segurança, está fazendo a sua parte na prevenção e combate à criminalidade, sem deixar de investir e apoiar o setor produtivo para a geração de emprego e renda, além de melhorar os índices em setores essenciais como os da Educação e Saúde.
Sobre este grave problema,o governador voltou a insistir na necessidade de um Plano Nacional Unificado de Segurança, considerando que a responsabilidade constitucional e maior é do Governo Federal que, até agora, tem-se mostrado omisso na vigilância das fronteiras, por onde está entrando livremente o narcotráfico que alimenta a criminalidade não só aqui, mas em todo o país, através das famigeradas facções criminosas.
Magistrados e membros do Ministério Público enfatizaram que a responsabilidade é de todas as instituições. Porém, a sociedade espera uma atuação mais atuante e presente, além de apenas julgar. Assim como espera da OAB, que referendou o impeachment ou golpe parlamentar, impondo um Governo incapaz e corrupto.