Para voltar, agora azul – Jornal A Gazeta

Para voltar, agora azul

É uma semana que acabará de forma boa ou ruim para o futebol acreano. Embalado dentro de campo e com um Florestão que promete receber o maior público de sua história, o Atlético Acreano revive o sonho de um acesso e tentará confirmar a volta do futebol local à Série C do Campeonato Brasileiro.

Apesar dos indicativos, não deve parecer uma tarefa fácil. O Galo conseguiu um grande passo ao empatar em 2 a 2 fora de casa, no último sábado, no estádio Castelão, em São Luís. Mas, não é tudo. “São 180 minutos”. Mata-mata é desse jeito. Não adianta jogar bem só um jogo. Tem que mostrar serviços nas duas partidas. E nós sabemos bem como é isso…

Além de poder empatar em 0 a 0 ou 1 a 1 para conquistar o acesso, o Atlético tem outro fator muito favorável: o fator Florestão. São mais de três anos sem saber o que é derrota no local, de propriedade da Federação de Futebol do Acre (em jogos válidos pelo Campeonato Acreano e pela Série D do Brasileiro). São 24 jogos sem perder no Florestão: 21 vitórias e três empates. O último revés no estádio foi no dia 16 de maio de 2013, quando levou 1 a 0 do Plácido de Castro.

E se engana quem acha que só o Atlético ganhará se for para a Série C. Se isso acontecer, teremos, em 2017, pelo menos três times em atividade no segundo semestre (o Galo na Terceirona e mais dois na quarta divisão – o Rio Branco já tem uma vaga garantida e o Atlético também, caso não suba). Teríamos um calendário mais forte. A Série C, hoje, é mais estruturada, tem jogos televisionados e uma tabela que se firmou.

Desde 2013, quando tínhamos o Rio Branco na Terceirona, essa é a nossa melhor chance de voltarmos. Não que o Estrelão e o Plácido de Castro não tenham chegado perto. Chegaram. Mas, não empolgaram tanto quanto o Atlético deste ano. É um time que passa confiança ao torcedor. Passa um futebol bom de ser visto. E o melhor de tudo: com jovens jogadores da nossa região.

Dentro do estádio, cerca de sete mil pessoas. Fora dele, milhares com o rádio no ouvido. O último passo para a Série C é domingo, 4, às 17h, no Florestão. Agora resta saber quem dará o passo final, Atlético ou Moto Club?

João Paulo Maia é jornalista.
joao.maia.rodrigues@gmail.com
Twitter: @jpmaiaa

Assuntos desta notícia