Polícias buscam ocupar os espaços nas ruas para oprimir o crime no Estado – Jornal A Gazeta

Polícias buscam ocupar os espaços nas ruas para oprimir o crime no Estado

 

Com o intuito de ofertar uma maior sensação de segurança à população acreana, as polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros Militar, Detran e Rbtrans realizaram na noite da última terça-feira, 7, uma ação integrada visando a intensificação do trabalho que já vem sendo realizado no combate à criminalidade no estado.

As ações das forças de segurança consistem em abordagens e rondas policiais espalhadas por toda cidade, como explica o secretário-adjunto de Integração Operacional da Sesp, Marcos Kinpara. “Há cerca de duas semanas estamos dialogando com todas as forças de segurança do estado para realizar uma ação contínua, ou seja, teve início nesta terça-feira, sem data para terminar”, destacou.

Kinpara ressalta ainda que, além das polícias Civil e Militar, a ação envolve o Detran, corpo de Bombeiros e Policia Rodoviária Federal, para, que unidos, usem uma mesma linguagem no combate ao crime.

De acordo o com o secretário de Estado de Segurança Pública, Emylson Farias, que esteve acompanhando as ações de perto, a segurança pública trabalha de forma dinâmica.

“O crime se modifica a cada dia. Assim, nós, os operadores de segurança, também realizamos formas diferentes de atuação e colocamos as polícias em locais estratégicos com o intuito de diminuir os espaços nas ruas para oprimir as ações delituosas”, comentou Farias.

Polícias buscam ocupar os espaços nas ruas para oprimir o crime no Estado
Assuntos desta notícia