Política Local 05/01/2017

Postado em 04/01/2017 23:13:13

“Perguntas-me qual foi o meu progresso? Comecei a ser amigo de mim mesmo”.

(Sêneca).

Nada de novo
As eleições nas Câmaras para a escolha das mesas diretoras no interior não traz novidade. Traições, rasteiras e promessas são da política. Compra de votos, também.

PMDB é democrático
Não adianta reclamar que o PMDB se junta com qualquer partido: PT, PSDB, PC do B, DEM, PRB e PSB nas disputas políticas que estão acontecendo nas Câmaras Municipais. Coisa de amante argentina.

Até sequestro
Fala-se que houve até sequestro de vereador para que não participasse da escolha de um novo presidente da Câmara. Nada de grave que se deva acionar a polícia. Nem resgate foi pedido.

Só dois
Somente os governos do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) e Michel Temer (PMDB) fecharam agências do Banco do Brasil no Acre e demais estados. Refrescando a memória.

Não se entendem
Os partidos que compõem a oposição no Acre não se entendem para anda mesmo. Entrincheirados em sites disparam chumbo grosso nos aliados como se fosse contra o governo, PT ou FPA.

Quem será o ungido?
Dentro da oposição terá que surgir um nome capaz de agregar todos os partidos e correntes internas em torno de uma proposta em comum. Quem se propôs a isso ainda não obteve sucesso.

Começou cedo
O novo prefeito de Capixaba dizia ontem durante entrevista na Aldeia FM que já começou a “pedilança” de emprego na prefeitura. O eleitor gosta de corromper um político. Gosta não, desculpe, ama.

Deu na Folha
“Temer mantém silêncio após maior matança de presos desde o Carandiru”. O mundo todo estarrecido e o presidente Temer resolveu fazer como a lenda da avestruz: enfiar a cabeça no buraco para não ver o estrago.

Ele é o presidente
Michel Temer nunca parou de dizer que constitucionalmente era o presidente da República. Tem o dever de se manifestar sobre a chacina no presídio em Manaus. Como diz o bispo Edir Macedo: “Sim ou não, meus amigos”?!

Em boas mãos
O que a população deseja é que o vereador pastor Manoel Marcus (PRB) seja um bom gestor. Se ele é pastor da Universal é problema de fórum íntimo. Quem o conhece diz que é muito organizado e eficiente.

Limpeza geral
O Governo do Estado vai tentar erradicar o consumo de drogas no município de Xapuri. O anúncio foi feito pelo governador Tião Viana (PT). Outros municípios também serão beneficiados pelo programa.

Revendo benefícios
O Governo Federal vai rever benefícios pagos aos pobres com deficiência e idosos. A ideia é tornar as regras mais claras e evitar a judicialização. Isto, depois da reforma da previdência.

Agora vai
A Secretaria de Saúde acaba de criar o Gerenciamento de Escalas e Plantões (GEP). Vai facilitar a vida de pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) e tornar mais transparente o serviço médico. Quem faz o que é correto não há o que temer.

Só em 2022
Pré-candidato ao Senado pela oposição comentava que o ex-prefeito de Cruzeiro do Sul, Vagner Sales (PMDB), está inelegível até 2022. Portanto, sua pretensão de disputar uma das vagas em 2018 é blefe.

Escancarou de vez
Os prefeitos sempre participaram das escolhas das mesas diretoras das Câmaras. Sempre com o objetivo de construir suas bases parlamentares. Porém, era algo velado, discreto.

A única visita
Até onde se sabe, a única visita que o prefeito Marcus Alexandre (PT) fez aos vereadores foi para pedir que não reajustassem salários. Não se expos na eleição da Câmara como manda o figurino.

Nunca blefa
Marcus Alexandre tem um estilo próprio de fazer política. Honra os aliados e nunca blefa, o que é muito comum nas discussões políticas.

Pouco, mais, ou nada…
Os seringueiros que ocuparam o Acre tinham o hábito de dizer quando uma coisa não tinha valor que valia “pouco, mais ou nada”. É o caso dessas presidências das Câmaras do interior. Politicamente é uma verdadeira bucha.

Não veste o pijama
Quase todos os deputados da legislatura passada querem concorrer novamente em 2018. Com a eleição de 45 dias, sem doações empresariais, TRE combatendo os esquemas de compra de votos, as chances aumentam para quem já teve mandato.

Coisa feia
Pegou muito mal para o deputado Raimundinho da Saúde (PTN) o desmentido público feito pelo MPT. Talvez tenha aprendido a lição. Cortesia com chapéu alheio dá nisso. Com os burros n’água.

editorial

Enfim, se deram conta

 

Com a crise econômica, política e institucional que não acaba nunca e agora com mais esse aumento ou tarifaço nos preços dos combustíveis, os empresários parece que, enfim, também começam a se dar conta que o Governo imposto pelo impeachment ou golpe parlamentar só está agravando ainda mais a situação ...

Leia mais...

clima

Rio Branco - AC
agazetanofacebook