Política Local 10/01/2017

Postado em 09/01/2017 23:06:41

“Ser capaz de sentir indignação contra qualquer injustiça cometida contra qualquer pessoa em qualquer parte do mundo é a capacidade mais bela de um militante”.

(Che Guevara)

Justiça foi feita
O juiz federal Jair Facundes fez justiça. Os envolvidos na Operação G7 foram inocentados. Uma vitória pessoal do governador Tião Viana (PT) que, desde o primeiro momento, sustentou a inocência dos seus assessores, empresários e servidores da Caixa Econômica Federal.

Esposa ferida
A esposa de uma dos presos na Operação G7, ao tomar conhecimento da decisão do juiz Jair Facundes, desabou em prantos: “Eu sabia que meu marido não era corrupto. Obrigado Deus”, exclamava.

Quem junta as penas
Dizem que uma notícia mentirosa é como um saco de penas jogado de um avião. Mesmo que a verdade seja reposta, nunca mais se conseguirá juntar as penas.

Descanse em paz
Por conta da Operação G7, o presidente da Fieac, empresário Carlos Sasai, ficou com a saúde fragilizada. Teve um acidente cardiovascular cerebral (AVC) e morreu meses depois.

E agora, José?
E todos aqueles que sentenciaram os acusados na Operação G7 antes mesmo de serem julgados? Cabe agora viárias indenizações por danos morais. Dificilmente alguém vai pedir.

Desculpas esfarrapadas
Não podendo resolver a manutenção da BR-364, a direção do Dnit se apresenta com desculpas esfarrapadas de que o Deracre é responsável pela manutenção da rodovia.

Não podia com o pote
Ditado dos antigos diz que, “quem não pode com o pote, não segura na rodilha”. Quando resolveu forçar o Governo Federal a tirar do Governo do Acre a manutenção das BR’s, a bancada federal da oposição fez uma escolha. Assuma!

Fez de tudo
A oposição fez de tudo para tirar o governo acreano da manutenção da BR-364. Desde 2011 que o Deracre vinha mantendo a rodovia aberta, inclusive no inverno. E agora, José?!

Tem que assumir
A bancada federal que apoia o presidente Michel Temer (PMDB) deve cobrar a fatura desse apoio. Ou seja, exigir recursos para bancar as BR’s. É o mínimo.

Desafogar o sistema
O governo está coordenando ações para desafogar o sistema carcerário. Isto, em parceira com o MPE e o Judiciário. A Defensoria já começou a fazer sua parte.

Ações integradas
O secretário de Segurança Pública, Emylson Farias, foi a Cruzeiro do Sul ontem discutir ações para intensificar o controle das fronteiras e o sistema de segurança.

Função constitucional
A governadora em exercício, Nazaré Araujo, disse que o Acre não quer a Força Nacional de Segurança cuidando de presídios no Acre. “Precisamos cuidar das nossas fronteiras”, disse.

Público X Privado
O enfraquecimento da Segurança Pública favorece a segurança privada. Não precisa ser um gênio para tal conclusão.

Por cima da carne seca
O ex-superintendente da Caixa Econômica, Aurélio Cruz, vai receber indenização milionária da instituição. Foi afastado indevidamente na Operação G7. A Justiça Federal acaba de inocentá-lo.

Operação limpeza
A prefeita de Brasileia, Fernanda Hassem (PT), iniciou a operação para limpar a cidade. Porém, seu maior desafio será tirar a prefeitura das páginas policiais.

Acerto de contas?
Até agora ninguém explicou o que motivou um suposto fiel ter tentado matar o apóstolo Valdemiro Santiago com uma facada no pescoço.

O que se sabe
O agressor, Jonatan Gomes Higino, 20 anos, disse à polícia que se sentia ameaçado. Segundo ele, o apóstolo Valdemiro Santiago disse que ele seria crucificado. Parece que o rapaz era perturbado.

Horizonte político
O coronel Ulysses está em franca campanha eleitoral para 2018. A nota emitida por ele sobre segurança pública retrata essa situação. Deverá se filiar ao PSDB.

Confidenciou
O presidente do PSDB, deputado Major Rocha, confidenciou a um amigo que o coronel Ulysses deverá se integrar mesmo ao ninho tucano.

Gerente-geral
O suplente de deputado Edi Celular assumiu a gerência da Central de Abastecimento de Rio Branco. Ontem, um peixeiro perguntava: “E o Edi entende disso?”. E por que não?

editorial

Ajuda, mas não resolve

 

A transferência desses 15 presos tidos como “chefes” de facções criminosas de Rio Branco para Mossoró, no Rio Grande do Norte, embora tardia, diante dos apelos do Governo do Estado, pode contribuir para evitar problemas ou até mesmo alguma chacina também aqui no Estado, mas não resolve a questão da ...

Leia mais...

clima

Rio Branco - AC
agazetanofacebook