Política Local 10/01/2017

Postado em 09/01/2017 23:06:41

“Ser capaz de sentir indignação contra qualquer injustiça cometida contra qualquer pessoa em qualquer parte do mundo é a capacidade mais bela de um militante”.

(Che Guevara)

Justiça foi feita
O juiz federal Jair Facundes fez justiça. Os envolvidos na Operação G7 foram inocentados. Uma vitória pessoal do governador Tião Viana (PT) que, desde o primeiro momento, sustentou a inocência dos seus assessores, empresários e servidores da Caixa Econômica Federal.

Esposa ferida
A esposa de uma dos presos na Operação G7, ao tomar conhecimento da decisão do juiz Jair Facundes, desabou em prantos: “Eu sabia que meu marido não era corrupto. Obrigado Deus”, exclamava.

Quem junta as penas
Dizem que uma notícia mentirosa é como um saco de penas jogado de um avião. Mesmo que a verdade seja reposta, nunca mais se conseguirá juntar as penas.

Descanse em paz
Por conta da Operação G7, o presidente da Fieac, empresário Carlos Sasai, ficou com a saúde fragilizada. Teve um acidente cardiovascular cerebral (AVC) e morreu meses depois.

E agora, José?
E todos aqueles que sentenciaram os acusados na Operação G7 antes mesmo de serem julgados? Cabe agora viárias indenizações por danos morais. Dificilmente alguém vai pedir.

Desculpas esfarrapadas
Não podendo resolver a manutenção da BR-364, a direção do Dnit se apresenta com desculpas esfarrapadas de que o Deracre é responsável pela manutenção da rodovia.

Não podia com o pote
Ditado dos antigos diz que, “quem não pode com o pote, não segura na rodilha”. Quando resolveu forçar o Governo Federal a tirar do Governo do Acre a manutenção das BR’s, a bancada federal da oposição fez uma escolha. Assuma!

Fez de tudo
A oposição fez de tudo para tirar o governo acreano da manutenção da BR-364. Desde 2011 que o Deracre vinha mantendo a rodovia aberta, inclusive no inverno. E agora, José?!

Tem que assumir
A bancada federal que apoia o presidente Michel Temer (PMDB) deve cobrar a fatura desse apoio. Ou seja, exigir recursos para bancar as BR’s. É o mínimo.

Desafogar o sistema
O governo está coordenando ações para desafogar o sistema carcerário. Isto, em parceira com o MPE e o Judiciário. A Defensoria já começou a fazer sua parte.

Ações integradas
O secretário de Segurança Pública, Emylson Farias, foi a Cruzeiro do Sul ontem discutir ações para intensificar o controle das fronteiras e o sistema de segurança.

Função constitucional
A governadora em exercício, Nazaré Araujo, disse que o Acre não quer a Força Nacional de Segurança cuidando de presídios no Acre. “Precisamos cuidar das nossas fronteiras”, disse.

Público X Privado
O enfraquecimento da Segurança Pública favorece a segurança privada. Não precisa ser um gênio para tal conclusão.

Por cima da carne seca
O ex-superintendente da Caixa Econômica, Aurélio Cruz, vai receber indenização milionária da instituição. Foi afastado indevidamente na Operação G7. A Justiça Federal acaba de inocentá-lo.

Operação limpeza
A prefeita de Brasileia, Fernanda Hassem (PT), iniciou a operação para limpar a cidade. Porém, seu maior desafio será tirar a prefeitura das páginas policiais.

Acerto de contas?
Até agora ninguém explicou o que motivou um suposto fiel ter tentado matar o apóstolo Valdemiro Santiago com uma facada no pescoço.

O que se sabe
O agressor, Jonatan Gomes Higino, 20 anos, disse à polícia que se sentia ameaçado. Segundo ele, o apóstolo Valdemiro Santiago disse que ele seria crucificado. Parece que o rapaz era perturbado.

Horizonte político
O coronel Ulysses está em franca campanha eleitoral para 2018. A nota emitida por ele sobre segurança pública retrata essa situação. Deverá se filiar ao PSDB.

Confidenciou
O presidente do PSDB, deputado Major Rocha, confidenciou a um amigo que o coronel Ulysses deverá se integrar mesmo ao ninho tucano.

Gerente-geral
O suplente de deputado Edi Celular assumiu a gerência da Central de Abastecimento de Rio Branco. Ontem, um peixeiro perguntava: “E o Edi entende disso?”. E por que não?

editorial

Melhor assim

 

Apesar da crise econômica, política e institucional, os brasileiros, cada um a seu modo, cessam suas atividades nos próximos dias por conta do Carnaval e não há nada de errado nisso, desde que prevaleça o bom senso para evitar qualquer tipo de exagero, sobretudo, a violência. No caso aqui do Acre, ...

Leia mais...

clima

Rio Branco - AC
agazetanofacebook