Política Nacional 12/01/2016

Postado em 11/01/2017 23:14:24

“Este é o ano das reformas”

Senador Aécio Neves (PSDB-MG), em defesa das reformas econômicas do governo

Temer terá a chance de varrer o PT do governo
O presidente Michel Temer terá a oportunidade de varrer ainda este ano os petistas que ainda ocupam cargos de confiança, com evidências de que sabotam o governo. Além de cargos de livre provimento, o presidente poderá trocar 15 diretores de nove das dez agências reguladoras. Só não haverá mudança na Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), cuja extinção tem sido reivindicada pela sociedade.

Daqui ninguém me tira
O petista Rodrigo Assumpção está há anos na presidência da Dataprev (Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social).

Amigo enrolado
A atual presidente do Serpro (Serviço Federal de Processamento de Dados), Glória Guimarães, é ligada ao ex-ministro Paulo Bernardo.

Sabotadores
Petistas ocupam até cargos estratégicos, como Regina Filomena, que pulou do Ministério da Justiça para uma gerência da Petrobras.

Vaga em aberto
Além de mudar 15 diretores, Michel Temer poderá preencher uma vaga na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Em Brasília, 19 mortes e nenhum clamor público
Dados da Policia Civil mostram que nos primeiros dez dias do ano exatas 19 pessoas foram assassinadas em Brasília. Quase duas mortes por dia. Isso sem contar as 29 tentativas de assassinato e cinco de latrocínio. Talvez o fato de não haver presidiários entre as vítimas explique o silêncio da hipocrisia nacional, que ainda chora a morte de assassinos, estupradores e traficantes em Manaus e Boa Vista.

Dia do bandido
Neste Brasil bandido, há um Estatuto Penitenciário, criado na Câmara, fixando 25 de junho como o Dia do Encarcerado. Já o Dia da Vítima…

Moleza para criminosos
Projeto do petista Domingos Dutra (MA) obrigava nos presídios creme hidratante, shampoo, condicionador de cabelo, chuveiro quente etc.

Inversão de valores
No Brasil “politicamente correto”, 19 assassinatos no DF não provocam clamor público, ao contrário de bandidos mortos em guerra de facções.

Ignorância na avenida
A produção brasileira de grãos vai chegar a 215 milhões de toneladas. Cerca de 15,3% a mais que a safra anterior. É o que alimenta o Brasil. E ainda tem escola de samba do Rio falando mal do agronegócio, único setor da economia que só produz boas notícias.

Cortar ou cortar, as opções
É tão simples quanto somar e dividir: para sair do buraco, o governo do Rio de Janeiro precisa reduzir substancialmente o custo da folha de pessoal, que consome 90% de todas as receitas líquidas do Estado.

Cresce a confiança
Pesquisa encomendada pelo Planalto revela o crescimento da confiança: 15 dos maiores bancos avaliam que o governo sobreviverá à operação Lava Jato e que Michel Temer concluirá o mandato.

Recordar é viver
Dilma Rousseff legou ao Brasil uma taxa básica de juros em 14,25% ao ano. Na campanha, ela acusou adversários de praticarem juros altos. Ontem, o governo Temer baixou a taxa para 13% ao ano.

Calmaria que preocupa
O ex-presidente Lula anda preocupado com a calmaria da Operação Lava Jato, que não realiza nova fase desde dezembro. Ele prevê tempestade: teme a cadeia em novas operações da Polícia Federal.

Perdendo-se pelo nome
O setor de reclamações no aeroporto Dulles, Washington, tem recebido pedidos de brasileiros para retirar o vídeo que os saúda em português. Tudo pelo nome do pobre rapaz que se apresenta no vídeo assim: “Eu sou o Renan, que lhe dá as boas-vindas à capital dos Estados Unidos”.

Prioridade absoluta
O Planalto tem pressa na instalação da comissão especial da Câmara que discutirá a reforma da Previdência. “A ideia é instalá-la ainda no dia 2”, garante o líder do governo, André Moura (PSC-SE).

Apoio potiguar
O governador potiguar Robinson Farias determinou ao filho, deputado Fábio Farias (PSD-RN), que vote em Rodrigo Maia para presidente da Câmara, contra o candidato do seu partido Rogério Rosso (DF).

Pensando bem…
…réu em cinco processos e alvo das operações Lava Jato, Zelotes e Janus, Lula continua ameaçando disputar eleição, mas sabe que em 2018 estará preso ou inelegível.

PODER SEM PUDOR
Vingança
Líder do PTB na Assembleia Legislativa de São Paulo há dez anos, Campos Machado fazia marcação cerrada a parlamentares ligados ao MST. Um dia, um deputado do PT ligado aos sem-terra resolveu ir à forra:
– O pessoal vai invadir a sua fazenda, lá em Lins…
– Como vocês sabem que tenho fazenda em Lins?
– Temos as nossas informações… – respondeu o petista, sorrindo.
– Então invadam! – desafiou o líder do PTB.
O petista apenas confirmava que a propriedade era dele. No dia seguinte, o MST invadiu e vandalizou a tal fazenda em Lins, destruindo tudo. Machado se divertiu muito: sua fazenda era outra, no Vale do Ribeira.

Com André Brito, Gabriel Garcia e Tiago Vasconcelos
www.diariodopoder.com.br

editorial

Tudo a ver

 

Brasília deve ter hoje mais um dia movimentado, nervoso, com as centrais sindicais cercando o Congresso Nacional para protestar e exigir o fim das reformas da Previdência Social e das leis trabalhistas que estão em tramitação na Câmara Federal. Mesmo assim, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, adiantou que dará prosseguimento ...

Leia mais...

clima

Rio Branco - AC
agazetanofacebook