Quase 19 mil meninos devem ser imunizados contra HPV; vacina já está disponível em postos

Postado em 10/01/2017 16:51:52 BRUNA LOPES

 O Ministério da Saúde estipulou a meta de 19 mil meninos, entre 12 e 13 anos, que o Acre deve imunizar contra o HPV. De acordo com a enfermeira da Equipe Técnica do Programa Nacional de Imunização (PNI) do Estado, Núbia Moreira, os postos de saúde dos municípios já dispõem das vacinas, tendo em vista que é a mesma aplicada em meninas. Mesmo assim, a Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre) já iniciou a distribuição para garantir a imunização.

A imunização será feita em duas etapas, sendo a segunda dose administrada seis meses após a primeira. “Os pais devem levar os filhos à unidade básica de Saúde mais próxima de sua casa, portando a carteira de vacinação para que o garoto seja imunizado”, explicou a enfermeira.

A vacinação é importante, pois é uma forma de reduzir os cânceres de pênis, boca, faringe, ânus entre outros.

“Esperamos que seja uma boa adesão, já que a função maior é a prevenção de câncer do pênis, bem como a redução dos casos de HPV nas meninas, já que os meninos é que são os transmissores do vírus”, comentou Núbia Moreira.

Sobre a distribuição das vacinas, a enfermeira falou que é para garantir o abastecimento das doses. “Estamos enviando mais doses para assegurar que todos os municípios estejam abastecidos, mas essa é uma vacina que faz parte do esquema vacinal, ou seja, deve constar sempre nas unidades”.

O Ministério da Saúde anunciou que a faixa etária obrigatória para a vacinação será ampliada, gradativamente, até 2020, permitindo, assim, a inclusão de meninos com 9 anos até 13 anos, com o objetivo de proteger as crianças antes do início da vida sexual -portanto, antes do contato com o vírus.

A campanha de vacinação contra o HPV nas meninas teve início em março de 2014. O vírus HPV é altamente contagioso, sendo possível contaminar-se com uma única exposição. Sua transmissão se dá por contato direto com a pele ou mucosa infectada, por meio do ato sexual e também durante o parto. A vacina é muito importante para a prevenção do câncer do colo do útero, doença que mais mata mulheres no mundo.

 

editorial

A conferir

 

Muitos discursos durante a inauguração da Superintendência do Dnit no Estado e a posse do superintendente, mas o que interessa mesmo para a sociedade é saber se o órgão vai, efetivamente, realizar as obras que o Estado tanto precisa, de modo particular, o asfaltamento da BR-364 até Cruzeiro do Sul. Como ...

Leia mais...

clima

Rio Branco - AC
agazetanofacebook