Reforma da Previdência acalora os debates entre situação e oposição na Aleac – Jornal A Gazeta

Reforma da Previdência acalora os debates entre situação e oposição na Aleac

 A Reforma na Previdência, proposta pelo presidente Michel Temer (PMDB) foi o principal tema de debate na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) na sessão de quinta-feira, 16. Parlamentares da base do governo e da oposição comentaram acerca das manifestações ocorridas na última quarta-feira, 15, em todo o país.

O deputado estadual Jonas Lima (PT) conclamou a sociedade acreana a se posicionar contrária à matéria. “Vamos convocar sindicatos e unidos lutarmos contra essa reforma que esse governo ilegítimo tenta empurrar para a classe dos trabalhadores brasileiros. Essa reforma é uma vergonha. Passamos tantos anos lutando por nossos direitos e de repente vem esse governo tentar arrancar isso de nossas mãos”, disse.

Contrária aos argumentos do colega de parlamento, a deputada Eliane Sinhasique (PMDB) frisou que Lima era incoerente, haja vista ter ele votado favorável ao aumento da contribuição previdenciária do Estado.

“O deputado Jonas não tem moral para criticar. A reforma da Previdência já começou aqui no Estado do Acre e ele contribuiu com o arrocho do trabalhador acreano ao votar favorável pelo aumento da alíquota de 11% para 14%”.

Jonas Lima, por sua vez, disse que a matéria aprovada pelo parlamento estadual foi necessária, pois, somente dessa forma o Estado poderia renegociar dívidas. “O projeto de reforma da previdência aprovado pela base não saiu da cabeça do governador Tião Viana. Ao contrário. Foi empurrado pelo presidente golpista, senão o estado não poderia renegociar dívidas. Sou um legítimo representante do povo. Defendo os interesses do povo. Nunca faria anda que pudesse prejudicar nossa população. Não tente jogar nas costas do nosso governador um erro que o seu presidente está cometendo”.

 

Assuntos desta notícia