Reforma trabalhista não terá aumento de jornada nem ameaça a 13º, diz ministro

Postado em 16/02/2017 17:06:33 Agência Brasil

O ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, defendeu ontem, 16, as propostas do Projeto de Lei da Reforma Trabalhista (PL 6.787/16), na primeira audiência pública da Comissão Especial da Reforma Trabalhista, na Câmara dos Deputados. O debate reuniu também representantes da Justiça do Trabalho.

Nogueira disse que as alterações propostas no projeto, que foi encaminhado pelo governo ao Congresso Nacional, têm o objetivo de gerar empregos e não permitem o aumento da jornada de trabalho e a retirada de direitos adquiridos pelos trabalhadores.

“Nunca esteve, não está e não estará em nossa proposta qualquer medida que venha a propor aumento de jornada, que venha a ameaçar o 13° salário, o direito ao vale-transporte, ao vale-refeição, ao descanso semanal remunerado, os direitos do trabalhador que estão especificados no Artigo 7° da Constituição e aqueles direitos que estão especificados de forma clara na nossa legislação trabalhista”, acrescentou.

editorial

Cobrar o que foi prometido

 

Como se vem acompanhando, o Governo do Estado vem fazendo a sua parte para reforçar o sistema de Segurança pública, abrindo concursos para as Polícias Civil e Militar e a permanência, mesmo que provisória, de 126 agentes penitenciários para evitar rebeliões e mesmo chacinas como já aconteceram em outros estados. Apesar ...

Leia mais...

clima

Rio Branco - AC
agazetanofacebook