Saúde inclui escolas em ações contra o uso do tabaco em 2018 – Jornal A Gazeta

Saúde inclui escolas em ações contra o uso do tabaco em 2018

O tabaco possui mais de 4,7 mil substâncias tóxicas, sendo responsável por 90% das mortes de câncer de pulmão.

Além desse assombroso número, o uso prolongado do cigarro é a causa de 25% de doenças do coração, 85% dos casos de bronquite e enfisema e 25% dos derrames cerebrais no Brasil.

Em todo o país, mais de 160 mil pessoas morrem anualmente por causa dos prejuízos provocados pelo hábito de fumar.

Apesar dos dados alarmantes, a Organização Mundial de Saúde (OMS) revela que o tabagismo é a doença crônica mais evitável.

O número de fumantes no Brasil teve uma queda significativa. Nos últimos dez anos, o número de uso do tabaco diminuiu em 35% nas capitais brasileiras de 15,7% em 2006 para 1-0,2% em 2016, segundo dados da vigilância de fatores de risco e proteção para doenças crônicas por inquérito telefônico (Vigitel). Já na capital acreana, a queda foi de 53% de 21,2 em 2006 para 9,8% em 2016.

Apesar da diminuição, o tabagismo ainda é motivo de grande preocupação para as autoridades de saúde.

Por isso, a Secretaria de Saúde do Estado (Sesacre), por meio da Divisão de Doenças Crônicas da Atenção Primária, divulga as ações contra o tabagismo que acontecem em todo o estado ao longo de 2018.

Além das atividades de ação, promoção, prevenção e tratamento que acontecem e são destinadas a toda população, a Divisão de Doenças Crônicas também chega com uma novidade em 2018. Escolas das regiões do Alto e Baixo Acre vão receber o programa Saber Saúde

O programa foi desenvolvido pelo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), e é dirigido aos professores e estudantes com o objetivo de tentar evitar e diminuir o uso do cigarro, além de alertar sobre alimentação incorreta, sedentarismo e o uso de álcool e outras drogas que diminuem a qualidade de vida.

Domisy Vieira, gerente da Divisão de Doenças Crônicas da Sesacre, ressalta as ações previstas que acontecem ao longo do ano. “O programa tem como objetivo trabalhar ações de promoção e educação para a diminuição da prevalência do tabagismo. Nos últimos 10 anos, o tabagismo diminuiu entre maiores de 18 anos em 53%, o que é extremamente significativo, e resultado das ações contra o tabagismo no nosso estado.”

 Em Rio Branco, 10 unidades de saúde oferecem tratamento para quem deseja parar de fumar:

URAP Augusto Hidalgo de Lima – Bairro Palheiral – 3225-3062;

Centro de Saúde Vila Ivonete – Avenida Antônio da Rocha Viana – 3228-0554;

USF Triângulo Novo – Bairro Triângulo Novo – 3221-8905;

UBS Maria da Conceição – Bairro Belo Jardim – 3221-1104;

USF Santa Inês – Bairro Santa Inês – 3221-8947;

UBS Luana de Souza Freitas – Bairro Conquista – 3228-4479;

USF Francisco Eduardo de Paiva – Bairro Rui Lino III – 3229-2836;

ESF Pladilte Oliveira da Silva – Bairro Tancredo Neves – 3228-6064;

ESF Glória Pista II – Bairro Bahia Nova – 3225-1586;

Policlinica Tucumã – Bairro do Tucumã – 3229-4499.

Assuntos desta notícia