Seleção para 121 vagas do Complexo Industrial de Xapuri já começaram – Jornal A Gazeta

Seleção para 121 vagas do Complexo Industrial de Xapuri já começaram

Nesta terça-feira, 3, Xapuri começou mais um passo para sua evolução econômica. O Sistema Nacional de Empregos (Sine) está na Organização Central de Atendimentos (OCA) da cidade para receber os currículos dos interessados nas 121 vagas no Complexo Industrial Florestal de Xapuri.

A indústria, totalmente remodelada, começa suas operações no fim deste mês. Mas, antes disso já está há cerca de oito meses movimentando a economia da cidade, com as obras de reconstrução.

A seleção feita pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento da Indústria, do Comércio e dos Serviços Sustentáveis (Sedens), por meio do Sistema Nacional de Empregos (Sine), tem o apoio da Agência de Negócios do Acre (Anac), acionista da indústria.

Inácio Moreira, presidente da Anac, explica que é um compromisso dos investidores contratar o máximo possível de mão de obra local e essa ação em parceria com o Sine contribui para isso.

A indústria

Atualmente, o complexo está sob a gerência de um novo grupo de investidores chamado Agrinlog, em uma aliança público-privado-comunitária com a Anac. Nesse processo de readequação da planta industrial, nove empresas, com 70 funcionários, atuam na reforma do espaço e do maquinário, num investimento de R$ 9 milhões que já movimenta a cidade.

Com capacidade para processar 60 mil metros cúbicos de madeira anualmente e gerar 200 empregos em seu auge, a indústria já começou a adquirir a matéria-prima para os trabalhos iniciais. Esta semana fechou um contrato de R$ 700 mil para comprar um plano de manejo florestal sustentável privado, com cerca de 13 mil metros cúbicos.

A empresa lidará com vários tipos de produtos madeireiros oriundos do manejo sustentável, com expectativa inicial de trabalhar com 70 metros cúbicos de madeira branca e 100 metros cúbicos de madeira comum por dia.

Também haverá o compromisso de plantar 10 milhões de mudas em todo o estado, além de investir 20% do lucro líquido da empresa em projetos sociais que beneficiem Xapuri.

Assuntos desta notícia