Site leva para o meio digital toda a credibilidade do impresso

Postado em 29/10/2015 16:26:06 BRUNA LOPES

Paula Martinello fala do portal agazetadoacre.com (Foto: Odair Leal/ A GAZETA)

Paula Martinello fala do portal agazetadoacre.com (Foto: Odair Leal/ A GAZETA)

A partir da necessidade de levar para o meio digital a melhor informação e toda a credibilidade adquirida ao longo da vida, o jornal A GAZETA está presente na internet através do site www.agazetadoacre.com. Com formato de fácil compreensão e atualizado antes mesmo do jornal ter ido às bancas, o site também prima por levar a informação cada vez mais rápida ao leitor que se tornou internauta.

De acordo com a editora do site, Paula Martinello, os acessos diários oscilam entre 13 a 14 mil. “O site tem esse formato desde 2010. E as notícias com maior número de visualizações, sem dúvida, são as policiais”, afirma.

O sistema de atualização do site permite que o leitor internauta tenha acesso a notícias que estão no A GAZETA que ainda nem chegaram às bancas, explica a editora. “Porém, guardamos as matérias exclusivas para o leitor do jornal impresso. Trabalhamos de uma forma para que um veículo não atropele o outro”, explica Paula.

“Nosso objetivo é levar a melhor notícia e de forma mais rápida para a sociedade. O site é atualizado pela manhã e pelo período da tarde. Quando o assunto tem bastante repercussão, nós fazemos um material específico para o site”, destaca a editora.

No final de semana, a audiência do site sofre uma queda, aponta Paula. “Acreditamos que isso se deve ao fato do nosso maior público ser de funcionários que trabalham de segunda a sexta-feira. Então, no sábado e domingo o acesso cai um pouco. Mas, a queda ocorre em todos os sites noticiosos”, aponta Martinello.

Em eventos como as eleições, o site é atualizado minuto a minuto. Paula comenta que a matéria que mais teve visualização no site foram as relacionadas à Telexfree. “A notícia que falava sobre o primeiro bloqueio da Telexfree teve mais de 40 mil acessos”, recorda a editora.

Através do site, o jornal A GAZETA ganha o mundo. “Sabemos de leitores que estão em todo o mundo que acompanham notícias do Acre através do site”, ressaltou Paula.

Dia a dia de trabalho
Para atualizar o site, a editora checa o material e as fotos para ilustração. “No jornal impresso é impossível publicar todas as fotos que o repórter fotográfico faz. Já no site, posso colocar quantas fotos quiser”, explica. “São chocantes algumas imagens”, aponta Paula. Por isso, as fotos são tratadas antes da publicação.

No topo do ranking das notícias mais acessadas estão as de polícia e política. As fotos das matérias policiais chamam muito a atenção.

Interação com internautas
O site possui fanpage nas redes sociais e é através delas que existe a maior interação entre a editoria geral e os internautas leitores. “Através do Facebook recebemos inúmeras denúncias e sugestões de pautas. Após uma rápida filtragem, as sugestões são enviadas para a editoria do jornal impresso. Quando falamos que é de um internauta que é leitor, a pauta acaba tendo prioridade”, afirma Paula.

A editora conclui a entrevista ressaltando que os internautas ajudaram na construção e ajudam até hoje na manutenção do site. “Quando eles apontam erros, procuro corrigir. Todas as mensagens são lidas, os internautas podem ficar tranquilos. O que está ao nosso alcance nós fazemos”, conclui.

editorial

Não há como ignorar

 

Não como ignorar ou negar – e o próprio secretário de Segurança Pública admite- que nos últimos dias houve nova investida das famigeradas facções criminosas com vários homicídios tanto na Capital como em algumas cidades do interior, onde até um aluno teria sido morto dentro da sala de aula. Porém, não ...

Leia mais...

clima

Rio Branco - AC
agazetanofacebook