Soldado da PM é preso em Feijó acusado de associação ao tráfico de drogas – Jornal A Gazeta

Soldado da PM é preso em Feijó acusado de associação ao tráfico de drogas

O soldado Junerley, mais conhecido como soldado “Ney”, foi preso na tarde de ontem, dia 9, em Feijó. A prisão se deu em cumprimento a um mandado de prisão contra o soldado, pela acusação de associação ao tráfico de drogas.

O soldado Ney está na PM há mais de 20 anos. Ele ingressou com o curso de formação em 1993. Mas nunca foi promovido, justamente devido a falhas na conduta, decorrentes do histórico de dependência química.

A PM/AC se posicionou que o soldado teve várias chances de reabilitação ao longo de todo o período na instituição, mas todas foram desperdiçadas. Inclusive, ele chegou a ser expulso da PM, mas retornou recentemente à corporação e nela permanecia por força de liminar.

Os próprios colegas de farda em Feijó se engajaram no cumprimento de mandado da prisão do soldado Ney. Muitos lamentaram o vício do soldado chegar ao ponto da sua prisão, uma vez que, quando conseguia ficar longe das drogas por algum período de tempo, tratava-se de uma ótima pessoa.

O soldado Ney também teve uma carreira de destaque como goleiro de futebol de salão. Quando estava na Capital, chegou até a jogar em time do campeonato acreano de futebol de campo. Mas, infelizmente, este caminho lê foi mais uma vez interrompido devido às drogas.

 

Assuntos desta notícia