Tenha atitude – Jornal A Gazeta

Tenha atitude

Olá, tudo bem? Como vai você?
Hoje eu desejo falar com você sobre atitude. Primeiro precisamos saber o que significa. Pois bem, segundo pesquisa feita, ATITUDE é:
“Uma norma de procedimento que leva a um determinado comportamento. É a concretização de uma intenção ou propósito.De acordo com a psicologia, a atitude é comportamento habitual que se verifica em circunstâncias diferentes. As atitudes determinam a vida anímica de cada indivíduo. As atitudes são patenteadas através das reações repetidas de uma pessoa. Este termo tem particular aplicação no estudo do caráter, como indicação inata ou adquirida, relativamente estável, para sentir e atuar de uma forma determinada.”
Diante disso, eu pergunto a você: tem conseguido ter atitude diante dos momentos vividos?
“Como assim, Claudia?”
Meu amigo, minha amiga, está se sentindo insatisfeito no trabalho, no relacionamento, nos estudos e até com o seu corpo físico? Seja sincero com você mesmo neste momento. Não queira permanecer se enganando ou tentando tapar o sol com a peneira. Ter esse sentimento de insatisfação em apenas um momento é até natural, no entanto, permanecer insatisfeito pode ser prejudicial à saúde física, emocional e mental.
Neste momento, muitas pessoas estão sofrendo, sentindo-se insatisfeitos e consequentemente tristes, infelizes, irritados, adoecidos, tudo porque não conseguem tomar uma atitude diante do problema que vive. Muitas pessoas estão insatisfeitas no trabalho, de repente não se encontraram naquela função, ou estão cansadas de fazer sempre a mesma coisa, ou quem sabe não se identificam com a forma de trabalho, com a equipe, com a empresa, com o produto, normas e política da mesma.
Até quando ficará engessado emocionalmente, agredindo-se, desgastando-se, trazendo prejuízos e até mesmo prejudicando aos demais? Pois uma pessoa insatisfeita causa mal estar ao ambiente, às pessoas a qual convive. E, algumas vezes, não percebe que o problema está em sua falta de atitude.
Então, o que acha de começar a se organizar, planejar e procurar um trabalho ou empresa que lhe dê satisfação, que seja aquilo que você realmente quer fazer? Eu sei que pode não ser tão simples assim, mas é o caminho. Se não está bem, não produzirá, estará trazendo prejuízos e provocando também.
Tenha atitude! Arrisque, busque, mude, recomece, mais faça alguma coisa, o que não dá é pra permanecer adoecido, nem você e nem os que o cercam merecem.
Está insatisfeito no namoro, no casamento ou com pessoas que convive? Eles já sabem disso? Não! O que acha de usar a assertividade e falar para pessoa certa, no momento e hora certa, com as palavras certas? Vamos! Tenha atitude! Se percebe que não se entendem no namoro, não tem para que continuar. Tentando algo que vem mostrando que não vai dar certo.
“Mas Claudia, será que depois do casamento não vai melhorar?”
Não melhora, só piora.
“Nossa, você é bem direta.”
Claro! Para que perder tempo com algo que está fadado ao fracasso? Chega de tantos problemas! Admita, perceba os sinais, não insista naquilo que você está vendo que irá trazer sofrimentos maiores para ambos em um futuro próximo.
Então, ATITUDE é a ação e a palavra apropriada para este contexto.
Caso seja no casamento, está na hora de refletir: aonde venho errando? Como tenho contribuído para o sofrimento da pessoa que um dia decidi conviver e compartilhar uma vida? Quais os meus pontos negativos? Quando deixei de me comunicar? O que levou à perda da intimidade? Como ou o que posso fazer para resgatar meu casamento?
Vamos lá! Atitude! Vale a pena mudar, restaurar, reconstruir, recomeçar quando ainda existe amor.
Bem, se o seu grande problema está nos estudos, analise: é a escola, a faculdade, o curso? Não está te fazendo bem, nem se identificando, tem medo de contrariar seus pais ou algo parecido? Enfrente! Saiba usar a forma certa de se expressar. Esta é a atitude. Diga como se sente, e o quanto tem se prejudicado, o quanto se sente desmotivado, angustiado. Não se atropele, não queira agradar a ninguém passando por cima de você mesmo. Sonhe seus sonhos. Esteja determinado a se realizar aonde está a sua vocação, o seu talento. Escreva você mesmo a sua história. Quando errar, conserte.
Então, está insatisfeito com o seu corpo? Busque a solução, isso se chama atitude. Precisa perder ou ganhar peso? Apareceu pneuzinho, está flácido? O que acha de buscar um especialista, contar a sua história e fazer uma reeducação alimentar, exercício físico, caminhar, pedalar, correr. Vamos! Mexa-se! Faça algo por você. Resgate a sua autoestima, produza endorfina, serotonina e saia desse deserto emocional.
Não permaneça gritando em silêncio! Escute você mesmo a sua voz, perceba de onde está vindo a sua dor, identifique o som, ou seja, o que a tem causado. Reaja. Somente você pode mudar a sua história, a sua vida. Mude! Não fique procrastinando, não brinque com o que te causa mal. É a sua saúde, seu bem-estar, sua qualidade de vida que está em jogo. Lembre-se que o tempo não espera, ele é implacável. Quanto mais demoramos para tomar uma atitude, mais difícil fica, logo perdemos as forças, nos fragilizamos, e nos entregamos ao conformismo e ao comodismo.
Portanto, meu amigo, minha amiga, aprenda, mude seu comportamento, torne-o positivo diante das circunstâncias e tome a ATITUDE que deve e merece ser tomada.

Fique com Deus!
Um grande abraço!

 

Claudia Correia de Melo Torres é terapeuta de adolescentes, individual e de casal. Escritora. Palestrante. Faz atendimento online para você e sua família. Skype: claudiacorreiamt / (68)99920-0371.

Assuntos desta notícia