TRE/AC inicia atendimento ao eleitor na OCA – Jornal A Gazeta

TRE/AC inicia atendimento ao eleitor na OCA

O Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE/AC) iniciou nesta segunda-feira, 5, o atendimento ao eleitor na Central de Serviços Públicos (OCA), de 8 às 16h, na praça verde. Cerca de 150 senhas estão sendo distribuídas diariamente para serviços como regularização de título, transferência, emissão do primeiro título e recadastramento biométrico.

A ampliação dos pontos de atendimento em Rio Branco ocorreu em razão do aumento do número de eleitores que procuram o Fórum Eleitoral de Rio Branco para regularização do título e outros serviços, devido ao prazo para o fechamento do cadastro eleitoral, que este ano ocorrerá no dia 9 de maio.

Aos eleitores da extinta 10ª Zona e outros que necessitam apenas da segunda via do título, o Tribunal recomenda que não procurem os pontos de atendimento nesse momento.  A segunda via pode ser solicitada até o dia 27 de setembro (10 dias antes da eleição).

Para o eleitor Daniel Venâncio, a abertura de mais um ponto de atendimento ao eleitor de Rio Branco veio para dar mais comodidade para quem mora distante do Fórum Eleitoral. “Moro no bairro Tancredo Neves e quando soube que teria atendimento aqui na OCA aproveitei para regularizar o meu título” disse.

O atendimento na OCA se estenderá até o dia 26 de abril. No Fórum Eleitoral, que fica na rua Ministro Miguel Ferrante, próximo à Via Verde, o atendimento para aqueles que possuem alguma pendência junto à Justiça Eleitoral segue até 9 de maio, de segunda a sexta, de 8 às 17 horas, sem intervalo.

e-Título é opção para quem busca segunda via

O aplicativo e-Título, da Justiça Eleitoral, é uma opção para quem busca apenas a segunda via do título. Para isso, basta inserir no aplicativo instalado no aparelho celular o número do título eleitoral, nome do eleitor, nome da mãe e do pai e a data de nascimento. Ao ser acessado pela primeira vez, o documento será gravado localmente e ficará disponível ao eleitor.

“O título digital tem a mesma validade do documento impresso. Não há necessidade de o eleitor comparecer aos locais de atendimento, pois se ele estiver em dia com a Justiça Eleitoral, ele poderá baixar o título digital sem qualquer dificuldade”, destacou a presidente do TRE/AC, desembargadora Regina Ferrari.

Assuntos desta notícia