Tudo pronto para a folia nos bairros – Jornal A Gazeta

Tudo pronto para a folia nos bairros

Oficialmente, começou o Carnaval! A programação tem início nesta sexta-feira, 9, com a escolha da Realeza que acontece no Calçadão da Gameleira, a partir das 19h. Os participantes disputam os títulos de Rainha do Carnaval, Rainha Trans, Rainha Gay e Rei Momo. Além de samba, simpatia e beleza plástica, serão considerados também os quesitos comunicação e fantasia.

Os vencedores receberão prêmio em dinheiro mais troféu, sendo R$ 3.400,00 mil e troféu, para o primeiro lugar; R$ 1.900,00 mil e troféu, para o segundo lugar; R$ 1.400 mil e troféu, para o terceiro lugar; R$ 900,00 para o quarto colocado e R$ 700,00 para o quinto lugar.

A folia nos 14 bairros habilitados para realização do Carnaval tem início às 18h e termina às 00h00, com exceção da programação infantil, que inicia às 16h. Para quem quer diversão basta procurar os locais: Conjunto Esperança, Cadeia Velha, Aeroporto Velho, Base, Vila Ivonete, Manoel Julião, Tancredo Neves, Cidade do Povo, Alto Alegre, Mascarenhas de Moraes, Tucumã, Preventório, Universitário e Vila Nova.

Outra atração do Carnaval, o desfile de blocos acontece na terça-feira, 13, a partir das 18h, na Rua Epaminondas Jácome, próximo ao Novo Mercado Velho. Vão passar pela avenida os blocos Saúde e Prevenção no Barão – SPB, Unidos do Fuxico, Sem Limite, Sambase e 6 é D+.

Os blocos vencedores receberão premiação em dinheiro, sendo R$ 3.200,00 + troféu para o 1º lugar; R$ 2.200,00 + troféu para o 2º lugar e R$1.100,00 + troféu para o 3º colocado. Atualmente, cada bloco tem em torno de 300 participantes.

De acordo com a presidente do Bloco Unidos do Fuxico, Sandra Nascimento, o tema apresentado este ano é um resgate da história do Mercado do Bairro Quinze.

“Foi lá que tinha o primeiro cabaré da cidade, por exemplo. A intenção é mostrar como as coisas aconteciam naquela época. Só na bateria teremos 350 pessoas. São 15 anos de Carnaval e os preparativos começaram em março do ano passado”, explicou.

No Mercado Velho, nos dias de folia, haverá apresentação de Marujada, Jabuti-Bumbá, Banda do Bloco Urubu Cheiroso, Moças do Samba, Mini Orquestra do Absurdo e Banda Raízes da Terra, além de cantores, DJs e outras atrações.

De acordo com o presidente da Fundação Garibaldi Brasil (FGB), Sérgio de Carvalho, será o encontro entre o Carnaval tradicional com marchinhas e o contemporâneo porque haverá novidades como os Beatles em ritmo carnavalesco. A folia no Mercado Velho acontece sábado, 10, domingo, 11, e segunda, 12, com início às 18h.

 

Tradicional Bloco Urubu Cheiroso anima os foliões no domingo, 11

O tradicional bloco carnavalesco Urubu Cheiroso promete reviver os momentos de glória característicos da década de 80. Época que o bloco era o próprio Carnaval na capital do Acre. Após um hiato e a volta triunfal em 2014, os organizadores esperam reunir 5 mil pessoas de todas as idades no Mercado Velho num Carnaval cujo tema será “Urubu no País das Maravilhas”.

A festa será realizada no domingo, 11, a partir das 16h. De acordo com um dos organizadores, Álvaro Mendes, o tema é uma crítica ao Governo Federal. “É hora de festejar, mas de fazer também as pessoas refletirem sobre o futuro, principalmente, nesse ano que é eleitoral”.

Álvaro convida a todos os interessados a participar do bloco. “Nossa intenção é apresentar aos jovens, um Carnaval encantador, familiar, alegre e, principalmente, de qualidade. Além disso, queremos celebrar com todas as pessoas que fizeram com a gente, carnavais que entraram para história. E isso, nós não podemos deixar que caia no esquecimento”, falou.

Para animar os foliões, uma banda tocará marchinhas, os sambas-enredos mais conhecidos do bloco, além do monobloco. Álvaro lembra que nos anos 80, o Carnaval era uma festa tão prestigiada, que pessoas de outros municípios e estados vinham passar os quatro dias de folias na capital do Acre.

Com samba enredo próprio e escrito por Sergio Souto, além da arte para os abadás criada por Mundão dos Santos, que também trabalha com os cantores baianos como Ivete Sangalo, por exemplo, a expectativa é a melhor possível, garante Álvaro.

Em 2018, várias pessoas de municípios do Acre, dos estados de Rondônia e Amazonas já confirmaram presença na festa.

“Hoje não é só bateria, a gente está fazendo o estilo de marchinhas de Carnaval, estilo monobloco, juntando o folclore acreano”, detalhou.

 

Assuntos desta notícia