BASTA

boto
Imagem_284

“Quem poupa o lobo, sacrifica a ovelha”. A célebre citação do escritor e poeta francês Victor Hugo serve muito bem para definir a atual situação de letargia do sistema de Segurança Pública do Acre…

2

…diante disso, tem gente do alto do pedestal pensando que o povo tem o nariz atravessado desse jeito.

TERMOS E EXPRESSÕES LATINAS EM DESUSO
A Sacris – Das ordens ou coisas sagradas

FALA POVO

Maestro Botto,

 3

Edvânio da Silva Figueiredo no Cristo Redentor – Rio de Janeiro

Como dizia minha mãe, seis policiais mortos em 2009 e um cachorro do rabo bicó, esse é um dito popular para que não haja mais vítimas após a última contagem, infelizmente é somente o que podemos fazer nesta sociedade que sofre com a falta de segurança, será que temos que continuar aceitando essa situação, pessoas que estudaram para ser agente público, defensores da so-ciedade, que saem de casa para cumprir seu dever e muitas vezes não voltam, porque suas vidas foram ceifadas por cidadãos alheio à Justiça, quer dizer uma política de segurança de faz de conta, que promove a integridade do averso. Perde a vida um pai de família que não verá seu filho nascer, um filho que não conhecerá seu pai, amigos como eu que não terão mais sua presença nas situações cotidianas, pergunto a você que estar lendo este artigo, pricipalmente ao poder público, até quando vocês irão dar poder a quem tem a injustiça na mão? Por favor, respondam até quando? Vai um amigo, a alegria em pessoa, despede-se um dom de fazer pessoas tristes voltarem a sorrir, esperamos que seja o último. Nossos corações não agüentam mais tanta dor.

Fica aqui o nosso pesar a todos os familiares e amigos do nosso bem amado Edvânio, policial militar que morreu no devido cumprimento da lei, “lei da selva ou da injustiça” pergunto a você?

O grito que ecou no momento da última despedida, CHEGAAAAA!!!

Professor Deyvid, amigos
e familiares.

“NÃO É O DIPLOMA QUE TIRA A PESSOA DA MISÉRIA”

1

O autor da frase, Candido Mendes (foto), que de certa forma coincide com as recentes declarações de Lula, na qual, o presidente da República falou ser “burrice dizer que inteligência se adquire na universidade”, ocupa a cadeira nº 35 que pertenceu ao gramático Celso Cunha, na Academia Brasileira de Letras, ainda é formado em Direito e Filosofia pela PUC do Rio de Janeiro, detém título de doutor em Direito pela Faculdade Nacional de Direito da Universidade do Brasil.

Ao ser entrevistado, explicou porque chegou à conclusão que “diploma não tira a pessoa da miséria”.

“Enquanto se considerar que a educação é a fonte de todos os bens e sua ausência a explicação do progresso de todos os males, ainda estaremos numa clássica subcultura do desenvolvimento”. Isso me parece muito importante para se entender à necessidade de uma tomada de consciência para mudanças, portanto, não é um diploma que vai interferir na condição da pessoa, e sim uma política educacional cada vez mais vinculada ao realismo de uma estratégia de virada na vida com mobilidade no futuro.

 QUESTÃO DE DIREITO

PARTE 2

Juiz justifica traição conjugal e chama marido traído de “solene corno”

 Paramos no ditado dos senhores de engenho: “Pais, prendam suas ‘cabras’ que meu ‘bode’ está solto”. Vamos a segunda parte da sentença com grande repercussão no Rio de Janeiro e revelada com exclusividade pela coluna A VOZ DO POVO.

 Para alívio geral, o juiz leigo admite que as coisas mudaram e, a partir dessa constatação, passa a tecer a nova ordem mundial nas relações conjugais: “A mulher está recuperando milhares de anos na escravidão e dependência do homem”, afirma e reafirma: “O homem de hoje não é mais o ‘substrato econômico de uma fêmea insignificante'”.

Passando da teoria geral para o caso concreto, ele diz o que acontece com um casal na meia idade, que parece ser o caso do autor e sua mulher: “Com alguns homens, no início da ‘meia idade’, já não tão viris, o corpo não mais respondendo de imediato ao comando cerebral/hormonal e o hábito de querer a mulher ‘plugada’ 24h, começam a descarregar sobre elas suas frustrações, apontando celulite, chamando-as de GORDAS (pecado mortal) e deixando-lhes toda a culpa pelo seu pobre desempenho sexual”.

Já a mulher moderna e liberada não reage hoje como antigamente: “Mulheres, às vezes, já na pré-menopausa, quase livres do ‘fantasma’ da gravidez, no geral com mais tempo livre, com a revolução dos hormônios, carência, fragilidade, desejam um sexo com maior freqüência, melhor qualidade e mais carinho – que não dure alguns minutos apenas, mas que se inicie num olhar, num beijo, numa promessa para mais tarde – a arte da conquista – o macho que mostra suas ‘plumas’ bem antes do acasalamento”.

Pronto, estão dadas e justificadas as condições para a traição. “As mulheres se apaixonam e, principalmente, sentem o ‘doce sabor da vingança’ – meu marido não me quer, não me deseja, me acha uma ‘baranga’ – (azar dele!), mas o meu amante me olha com desejo, me quer – eu sou um bom violino, há que se ter um bom músico para me fazer mostrar toda a música que sou capaz de oferecer!!!!”

 Nota pé: Imperdível a terceira parte, o magistrado discorre sobre os novos tempos, ou seja, aqueles que recorrem ao judiciário para tentar recuperar a “honra” perdida. Não percam!

ÚLTIMAS DO DIA

* Estranho… “Esse avião que caiu no interior do Amazonas, a assessoria de comunicação da Força Aérea Brasileira, em Brasília, sabia primeiro do que os contro-ladores de vôo das regiões mais próximas do acidente, incluindo Rio Branco e Cruzeiro do Sul”.
* Quando a FAB expediu o comunicado oficial, o pessoal da Infraero e da própria Força Aérea das respectivas cidades, não sa-biam de nada. “Será que não houve cochilo na torre de controle”.
* Atenção MPF é um caso a ser investigado, pois a segurança do espaço aéreo, ocorrendo ou não acidente, tem que ser feita 24 horas por dia, é a soberania nacional que está em jogo, ou a não temos mais?
* A Panamazônica que seria realizada em novembro foi adiada para o próximo mês no Horto Florestal.
* Será construída uma Rodoviária em estilo internacional na BR-364, por sinal necessária. O problema é quando fechar a atual no bairro Cidade Nova, como vão ficar os comerciantes da redondeza? Só hotéis são doze que podem quebrar um a um por falta de hóspedes.
* A professora Olinda Batista completou quarta-feira um ano a frente da reitoria da Ufac sem alarde, a ordem lá é trabalho.
* Cheiro de mudança no ar! Na próxima terça-feira tem eleição na OAB, dizem que até os Duartes mudaram de lado.
* Até o Acre foi incluído entre os estados que ficaram às escuras, mas apagão aqui não é nenhuma novidade, concorda?
* Os chamados “sarados” da Academia do SESI prometem uma confraternização antecipada de fim de ano, alunos e professores estão eufóricos, haja sede meu amigo!
* O amazonense Chico da Silva voltou às suas origens de sambista, esqueceu o boi para lançar um álbum com três cd’s com músicas antigas e novas. Com certeza será sucesso de venda, o problema é que não chegou aqui ainda. O negócio é mandar buscar em Manaus, quem se habilita?
* Falando em Amazonas, o deputado cassado Wallace Souza, a cada dia que passa fica mais enrolado com a Justiça, acusado de uma série de crimes, além de estar preso junto com o filho, agora o Ministério Público quer pegar o vice-prefeito de Manaus, Carlos Souza e mais outro irmão vereador, todos suspeitos de integrarem uma quadrilha.
* Enquanto isso no Acre a coisa está ficando feia, é o quinto ou sexto PM morto pelos bandidos este ano, a Segurança Pública precisa de mexida urgente, virou definitivamente o “calcanhar de aquiles” do governo e isso pode refletir nas urnas no próximo ano.
* Chama o velho “Moita Brava”, o último dos cangaceiros de Lampião revelado pela coluna semana passada, o mesmo morou em Rio Branco vendendo limão. Eita, mais de que lado ele está mesmo?
* Então chama a Volante, não senhor…
* … a Guarda Territorial, quem mais… O capeta!
* …quer saber a verdade-verdadeira: o soldado agiu sozinho, um herói com oito anos de farda tombou em defesa da sociedade completamente desprotegida, realidade sem máscaras e infelizmente, até o momento, sem respostas convincentes para o agravamento da violência…
* … por que não saber a opinião do povo para as autoridades do setor solucionarem o problema, revertendo logo a crise?
* Sindicato da Construção Civil comemora o início das obras de cento e noventa e duas unidades habitacionais em Rio Branco. Ganha a indústria e, também, a população com oportunidade de moradias na área da Vila Betel.
* Tricolores vamos pra cima do Atlético/PR, missão difícil mais não impossível sair da zona de rebaixamento, principalmente agora com Fred fazendo gols.
* Ufa, até a próxima sexta-feira pedindo pax no coração de todos.

Assuntos desta notícia


Join the Conversation