As novelas ou seriados devem voltar na Bandeirantes, mas bem lá na frente

Não será para tão já. Nem para o ano que vem, mas a alta direção da Bandeirantes entende como necessidade de rede, a remontagem do seu departamento de teledramaturgia. Só que desta vez em bases sólidas. Muito mais que uma possibilidade, este é um objetivo a ser alcançado.

Nada que lembre, no entanto, as experiências realizadas nos últimos tempos. Suas tristes consequências ainda estão muito vivas na lembrança de todos. Partir para algo absolutamente novo, que se adapte às condições da emissora, é o caminho.
Mas tudo com muita calma e dentro de um planejamento sério, que não a leve a amargurar nada parecido com os prejuízos provocados recentemente. Ou que lembre o lamentável episódio da demissão de mais de 100 funcionários no ano passado.
                                                                       
Em todo caso, a notícia é essa: a dramaturgia voltou a ser assunto entre diretores da Bandeirantes. Uma retomada que aconteceria só em 2011.

A construção de novos estúdios no Morumbi, num terreno que já pertence à emissora e hoje serve de estacionamento aos seus funcionários, pode ser colocada entre as principais prioridades, como  anunciou Johnny Saad.

Produtoras independentes também seriam uma alternativa para a volta da Band à dramaturgia, pois ajudariam a reduzir custos. Já houve uma conversa recente com a produtora do cineasta Bruno Barreto.

Entre os projetos apresentados por ele estaria uma nova versão de “Dona Flor e Seus Dois Maridos” em formato de minissérie. 


Deborah-Evelyn
Aposta certa
– Os bons autores sempre enxergam com enorme facilidade os meandros de suas novelas. Tudo o que acontece com Deborah Evelyn (foto) em “Caras & Bocas” não é por acaso. Porque ela está fazendo muito bem a Judith, tome história em cima. Walcyr Carrasco, percebe-se, não economiza. Vem mais coisa por aí.

 Bom entrosamento
A Globo vai mexer com os apresentadores dos seus telejornais no ano que vem. Oficialmente a emissora não admite, mas é o que consta nos seus interiores. Algumas das atuais duplas serão desmanchadas.
Dizem, no entanto, que Christiane Pelajo e William Waack, porém, já estão entre as exceções, como Fátima Bernardes e William Bonner.

E assim vai indo
A Record, ao que parece, gosta de viver perigosamente. Pelo menos é isto que a sua direção vem demonstrando, autorizando as várias entradas ao vivo da sua “Fazenda”.
Há sempre o risco de o programa ser reclassificado, porque ninguém consegue administrar o imponderável. Qualquer hora dessas vai estourar uma bobagem.

Movimentação
Contagem regressiva no caso Hebe Camargo-SBT. Na semana que vem, com toda certeza, as partes devem se reunir e chegar a um acordo..
Já aconteceram tentativas de diálogo, que por motivos diferentes não deram certo.
Acredita-se que não haverá problemas na parte financeira. O SBT, ao que parece, já tem essa proposta pronta, com números que devem interessar. Aguardadas, no entanto, diferenças quanto ao atual esquema de trabalho.
A mudança do dia de apresentação do programa, saindo das segundas-feiras, deve ser uma delas.

Plano
Pessoal da “Praça é Nossa” vem trabalhando em cima da contagem regressiva para o dia 31 de dezembro.
O programa estará no ar exatamente na virada do ano. O problema agora é encontrar uma maneira de fazer isso, porque a “Praça”, como se sabe, é sempre gravada com muita antecedência.

A propósito
Hebe Camargo também vai gravar dois especiais para dezembro, Natal e Ano Novo.
O primeiro, no ar dia 21, será com Fábio Junior. Um programa inteiro com ele, cantando e contando coisas.
O outro, dia 28, será uma grande roda de samba, com as participações de Dudu Nobre, Leandro da Sapucaí e grupo Revelação, entre outros.

Band vazia
A sexta-feira passou com todo jeitão de feriado na Bandeirantes, sem contar com a presença de nenhum dos seus diretores. Todos reunidos em Salvador em uma nova convenção da rede.
E com direito a show de Daniela Mercury neste sábado.

Detalhe
Um vídeo será exibido para os participantes da convenção da Band, anunciando as novidades da programação para o ano que vem.
Houve um grande cuidado por parte da sua direção na produção deste vídeo. Informa-se, inclusive, que foi produzido fora da base no Morumbi, para evitar o vazamento de qualquer informação.

BATE-REBATE
* O programa “Auto Mais”, amanhã às 14h, na Rede TV!, destaca uma matéria realizada no museu da Mercedes na Alemanha.
* O “Jogo das Loiras”, em produção no SBT, tem vá-rios nomes cotados para a apresentação.
* Moacir Franco também aparece na lista.
* Há um estremecimento na área artística da Record que ninguém mais consegue esconder.
* Segundo se informa, ainda não há um melhor entrosamento entre os dois responsáveis, Paulo Calil e Vildomar Batista.
* Mas nada que uma boa conversa não resolva. Há interesse do alto comando da emissora para que isto ocorra no mais breve espaço de tempo possível.
* É isso mesmo: logo depois de “Viver a Vida”, Thiago Lacerda vai colocar o pé na estrada e levar o espetáculo “Calígula” para as principais cidades do país.
* Wolf Maya cumpriu o prometido e deu por encerradas as gravações da minissérie “Cinquentinha” na Globo.
* Ainda do Projac, tem muita gente impressionada com o trabalho da Adriana Esteves na série “Dalva e Herivelto”.
* Não chega a ser surpresa, porque Adriana soube crescer na chamada arte de representar. Mas, dizem, está se superando.
* Eduardo Paes, prefeito do Rio, será o entrevistado do Kennedy Alencar, neste domingo, no “É Notícia” da Rede TV!

C´est fini
SBT transferiu para o dia 8, o anúncio em coletiva de imprensa do novo programa do Roberto Justus. Um reality show.
É preciso destacar. A recente passagem de Murilo Benício em São Paulo, Prêmio Profis-sionais do Ano, mostrou que este moço, além de grande ator, é gente da melhor qualidade. Foi dos mais educados o tratamento que ele dispensou aos profissionais da imprensa presentes, apesar do adiantado da hora. Do bem.
Então é isso. Mas amanhã tem mais. Tchau!

Assuntos desta notícia


Join the Conversation