O bom humor do Casseta & Planeta está de volta

Este 2009 foi um ano especial para o “Casseta”. Disparado o melhor de tempos mais recentes, com os seus redatores e apresentadores conseguindo superar com classe e muita graça uma crise que incomodava e se arrastava já havia alguns anos. Pilha nova no lugar.

A história do programa, embora muitos ainda evitem considerar, deve forçosamente se dividir entre o antes e o depois do Bussunda. Nas circunstâncias que tudo aconteceu, nada mais natural que o grupo – sempre muito unido – sentisse o golpe e baixasse de rendimento com o desaparecimento de um companheiro tão querido. Uma reação, com todas as suas consequências, exatamente dentro dos parâmetros esperados.  Anormal seria se exatamente o contrário acontecesse.

E aí entra o mérito da Globo: sempre acreditou no grupo e não entrou no barulho que veio de fora. Nunca cogitou colocar o programa na linha de tiro.

O tempo se encarregou de colocar as coisas nos seus mais devidos lugares. Bussunda, certamente num lugar muito especial, deve estar se divertindo com a nova e excelente fase dos seus companheiros.

Produção controlada
 Apesar das desconfianças, afinal as gravações nem começaram ainda, a teledramaturgia do SBT se desdobra e promete colocar no ar, em fevereiro, a sua nova novela “Uma Rosa com Amor”.

Como justificativa, o fato de a produção ter muitas cenas em estúdio, o que proporcionará maior “controle” sobre ela e velocidade nas gravações.
“Vende-se um véu de noiva” se perdeu também pelo excesso de externas.

Sem pressa
A Rede TV! ainda não definiu quem será o seu novo diretor de jornalismo. Ao que parece, este é um assunto que não preocupa.

Sabe-se, no entanto, que o nome de Marília Assef, que também já está na casa, ganhou muita força nas últimas horas.

Metas na TV – I
Há poucos dias a coluna informou que a direção da Rede TV!, a partir do momento em que os 10 novos programas estiverem na grade, não vai admitir ficar atrás da Bandeirantes. Se, possível, encostar no SBT e na Record.

E a cobrança não para por aí. Agora, chega a informação que executivos da Rede TV! irão estabelecer metas de audiência para os produtos da casa, em 2010.

Metas na TV – II
Evidente que todo investimento na TV tem o seu custo e precisa de um retorno compatível. Só que a exigência por Ibope já está deixando muito diretor de programa preocupado. Aliás, resta saber se a pressão atingirá a grade como um todo – ou não.
Por exemplo: se o game que terá o comando de Marcelo Carvalho, o vice, não atingir a au-diência desejada, quem irá cobrá-lo? Tempo ao tempo.

Empregada vai crescer em novela 
Nice, a empregada interpretada por Roberta Almeida em “Viver a Vida”, vai ganhar mais espaço na história. Promessa do autor Manoel Carlos. Não é a primeira vez que isso acontece. Muitos ainda se lembram da Ritinha, de “Laços de Família”, vivida pela Juliana Paes, que virou protagonista de novela das nove.
Para chegar lá, Roberta Almeida sabe que é preciso ser muito mais que a cunhada do diretor Jayme Monjardim.
Por isso mesmo, está cursando faculdade de teatro.

Não deve ser fácil 
Morando atualmente em São Paulo, a cantora Daniela Mercury elogia os muitos espaços culturais, os parques, onde costuma fazer caminhadas.
Mas sente muita, mas muita falta do mar.

 

 

Assuntos desta notícia

Join the Conversation