Política local 28/11/2009

“A oposição é a única que não quer ver as obras do governo do PT”.

Deputado THaumaturgo Lima (PT).

Jogo da FPA
Indiretamente, o ex-prefeito Normando Sales (PSDB) faz o jogo da  FPA ao insistir na sua candidatura ao Senado no PSDB. Por um motivo muito simples: sua chance de bater um dos dois nomes a serem lançados pela aliança do governo é quase nula. Não tem  densidade eleitoral, nunca foi bom de voto, perdeu várias eleições, ou seja, é o adversário que a cúpula da FPA pediu a Deus.

Ponto a favor
Mesmo com todas essas defi-ciências não será fácil demovê-lo dessa sua obsessão, pela influência que tem sobre o presidente do PSDB, Tião Bocalom, que domina com mão de ferro a executiva re-gional. Por isso é difícil detoná-lo internamente. 

Única forma
Para a cúpula nacional tucana, colocar Márcio Bittar (PSDB) como candidato ao Senado, somente com uma intervenção, que causaria traumas internas, porque Normando Sales tem a maioria no diretório regional.

Espatifado e meio
Um dirigente peemedebista me revelou ontem que se não der certa a aliança PSDB-PMDB, com candidaturas única ao Senado e Governo, oferecerá legenda para Fernando Lage (DEM) fazer dobradinha com João Correia (PMDB) para espatifar de vez o cenário.

Burrice política
É da maior burrice política citar Feijó, uma situação atípica, onde o Dindim (PSDB) venceu por ter feito boas alianças regionais, como uma vitória da unidade das oposições. O Dindim ganharia mesmo que nenhum cacique da oposição tivesse ido a Feijó.

Sem punições
Não esperem nenhuma medida drástica das direções do PPS, PT, PCdoB, tipo expulsões, contra seus vereadores e dirigentes que trabalharam contra a candidatura de Jaciara Rodrigues (PT) em Feijó.

Aglutinar 2010
Segundo um dirigente de um desses partidos me disse ontem, expulsar alguém neste momento em nada beneficiará o projeto da FPA em 2010, acrescentando que haverá uma conversa de aglutinação para que não se repita a dissidência na eleição majoritária.

Susto político
Um deputado da FPA me ligou ontem para dizer que quase teve um ataque cardíaco de surpresa. Motivo alegado: O convite recebido para a visita de ontem do governador Binho às obras do PS do Segundo Distrito, prestes a ser inaugurado.

Checando trote
O parlamentar acrescentou que voltou a ligação para confirmar se não estava sendo vítima de um trote.

Ninho petista
Os deputados Zé Carlos (PTN), Hélder Paiva (PR) e Dinha Carvalho (PR) estão avaliando bem a coligação PTN-PR-PHS e, se sentirem que só fará um parlamentar, vão se juntar na aliança PT-PDT, como única ponte de salvação.

Professor do cramunhão
Um político do Juruá alertava ontem que a candidatura do ex-prefeito Deda (PP) a deputado estadual é muito forte e está bem articulada, sendo um dos favoritos na chapa do PP. Some-se a isso, disse, que o Deda dá aula de esperteza no cramunhão.

Mão no ombro
O vice-prefeito de Feijó, Pelé (PMDB), perdeu tantas eleições para deputado estadual que não tem conta. Vai fazer nova tentativa em 2010, com o apoio do prefeito Dindim (PSDB). Mas, se não quiser perder de novo terá que garimpar votos fora.

Não elegerá ninguém
Com a enxurrada de candidatos a uma vaga na Assembléia Legislativa, ninguém sairá eleito só com os votos de Feijó

 Baba perdoado
O polêmico Dr. Baba (PCdoB), um dos baluartes da campanha do Dindim (PSDB) a prefeito de Feijó, foi perdoado pelos camaradas comunistas e como mimo será candidato a deputado estadual em 2010.

Avaliação positiva
Dirigentes do PMDB pretendem fazer uma pesquisa no início de 2010 na Capital e no Juruá sobre candidaturas ao Governo. A expectativa da cúpula peemedebista é que Rodrigo Pinto (PMDB) apareça como o mais votado da oposição.

Erro primário
O prefeito de Cruzeiro do Sul, Wagner Sales (PMDB), onde passa defende abertamente a candidatura única para o Senado e Governo na oposição. Se isso não acontecer, podem anotar para conferir: estará fora da campanha no próximo ano.

Não tem graça
E com o prefeito Wagner Sales (PMDB), a maior liderança hoje do Juruá, fora de uma campanha, aí é que a chance da oposição conseguir algum sucesso numa disputa majoritária na região é praticamente nula.

Peso forte
Se o prefeito Wagner Sales (PMDB), sem ajuda do governo estadual, apenas com recursos da prefeitura está bem na fita popular, imaginem no próximo ano com 17 milhões de emendas para serem liberadas.

Lado positivo
Esta portaria da Secretaria de Segurança de impedir a venda de bebidas no show do Chitãozinho e Chororó pode à primeira vista, ser avaliada como antipática, mas tem o lado positivo: prevenir acidentes na perigosa estrada para Senador Guiomard.

Dose de razão
O deputado Walter Prado (PDT) lembra que no seu tempo de delegado-geral de polícia não tinha autonomia financeira e diminuiu o índice de violência com a “força-tarefa”. Pergunta: Por que agora, com dinheiro em caixa e estrutura, a violência aumentou?

Um dado importante
Em 2010, a chapa do PT não terá importantes puxadores de votos para a Aleac: não sairão candidatos Juarez Leitão, Naluh Gouveia, Thaumaturgo Lima, Mazinho Serafim, Perpétua de Sá. Os cinco beiraram os 20 mil votos.

Protesto da experiência

O deputado Walter Prado (PDT), com seu discurso de quinta-feira última, na Aleac, ao que parece, perdeu a paciência com a cúpula da Segurança, para quem, ela não vai reverter o crescente índice de violência nos gabinetes e sem sujar os pés nas operações policiais. Acha que sem uma ação preventiva das polícias Civil e Militar atuando juntas, como no seu tempo de delegado-geral, a situação que é grave, vai piorar. Para Prado não cabe desculpa pela ineficiência porque o governo injetou muito recurso no setor.

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation