Apresentadores da TV agora querem mandar no telespectador

Essa é mais uma da série “como assim?”. Lamentavelmente, do lado ruim.

É normal, na saída para um intervalo, os apresentadores de programas e telejornais usarem frases conhecidas como “na volta dos comerciais…”, “no próximo bloco”, “depois dos reclames do Plim-Plim”, além de tantas e tantas outras, até a mais consagrada e antiga delas, do Flávio Cavalcanti, tirando os óculos e chamando “os nossos comerciais, por favor”. Na verdade, algo que se estabeleceu como gancho para o que será apresentado a seguir.

Tudo com muita elegância e educação. E nem poderia ser diferente.

A exceção ocorre nesses tempos de agora, com o aparecimento de uma novidade, que com certeza não é entendida, muito menos assimilada pela grande maioria das pessoas. Hoje, e até com desrespeitosa frequência se ouve alguém, como uma ordem, dizer “não saia daí…”

Não saia daí, como? Ninguém pode mandar ou querer mandar na vida do telespectador.

Um modismo absolutamente impróprio e mal-educado.

Festa do Negrão
 Eva Wilma, Letícia Birkheuer, Fernanda Vasconcellos, Laura Cardoso, Murilo Rosa, Antonia Fontenele, Vida Alves, Fernanda Paes Leme, Rolando Boldrin, Marcos Paulo, Tony Ramos, Lima Duarte, Chico de Assis, Davi José, Turíbio Ruiz, Cássio e Tato Gabus Mendes, Henri Castelli, Pedro Neschling e tantos outros estiveram na União Fraterna, em São Paulo, comemorando os 50 anos de carreira do Walther Negrão.
Na oportunidade, Marcos Paulo exibiu um vídeo de 15 minutos com alguns dos principais trabalhos do autor.
 
Confidencial
 A Bandeirantes ensaia, agora com passos mais planejados, a sua volta à teledramaturgia.

Mais que isto – e a informação chega do Rio, já existem para o ano que vem, planos para a produção de uma sitcom escrita por Domingos de Oliveira. Providências com vistas a sua produção estariam sendo tomadas desde já.

Procurado, o diretor de produção e programação, Hélio Vargas, não respondeu aos chamados da coluna.
 
Vai mudar
 Há bem poucos dias, esta coluna repetiu uma observação de sempre, dizendo que o programa da Luciana Gimenez na Rede TV! não tem nada de “super”, muito menos de “pop”.
E a ficha, segundo um movimento de bastidores, resolveu cair.
Já a partir de março do ano que vem será simplesmente “Programa Luciana Gimenez”. E só. Melhor assim.
 
Um detalhe
 Ana Maria Braga se separou do marido. Este não é caso ou especialidade desta coluna.
Mas a abordagem do assunto foi sugerida a Luciana Gimenez no seu programa e ela vetou.
Estou começando achar que o mundo não acabou. Ainda tem salvação.
 
Bola cantada
 Daqui deste espaço partiu, pela primeira vez a notícia que o filho do Fábio Junior, Filipe, seria o protagonista da “Malhação”. Bingo!
Agora mais uma: Jayme Matarazzo, filho do Jayme Monjardim, vai viver o principal papel masculino de “Além da Vida”, de Elizabeth Jhin, próxima das 6 na Globo.
Deve formar o triângulo principal com Cleo Pires e Nathalia Dill.

Assuntos desta notícia


Join the Conversation