Políticfa local 18/12/2009

“Um quadro só sobrevive, graças àquele que o olha”.

Pablo Picasso, pintor.

Nos devidos lugares
Não tenho nenhuma afinidade com a prefeita de Brasiléia, Leila Galvão (PT), nem faço questão de ter. Mas, a acusação de que “contrabandeou” cimento boliviano para recuperar o prédio da Câmara Municipal deve ser visto com ceticismo, porque a Casa é um poder independente.

Responsabilidade
Até porque ela estaria impedida por lei de fazer a referida obra. Se houve o “contrabando”, a única responsável pela ilegalidade é a mesa diretora da Câmara Municipal de Brasiléia.

Grande avanço
O comandante da PM, coronel Romário Célio, diz que quando entrou na unidade os PMs andavam de “Fusquinha”. Agora, andam de patinetes motorizadas (Segway), não é coronel?

Não era prioridade
O coronel Romário pode até não reconhecer, mas sabe que estes Segways (patinetes), além de não serem prioridades, em nada vão ajudar no combate aos marginais.

Bela festa
O presidente da Câmara Municipal de Rio Branco, vereador Jessé Santiago (PSB) fez ontem uma bela festa no Teatrão para a entrega de títulos de “Cidadão de Rio Branco”.

Se saindo bem
Até agora Jessé vem se saindo bem na condução da Câmara Municipal: não se conhece um ato de bandalheira na sua gestão. Só peca por dizer “sim senhor e sim senhor” a tudo da PMRB.

Fundo aparece
Tem que entender que dirige um poder autônomo: quem se abaixa demais, o fundo aparece.

 É muito fácil
Existe uma única maneira da oposição (não será com este recurso sem nexo jurídico) de impedir o senador Tião Viana (PT) chegar ao governo: derrotan-do-o nas urnas.

Definir primeiro
Antes terão que definir se vão com duas ou uma candidatura ao governo, debate que virou uma grande confusão interna no PSDB e PMDB: vamos entrando em 2010 e não resolvem.

Praças limpas
A Semsur está mostrando serviço, principalmente no tocante às praças, sempre limpas.

 Gonzaguinha aloprou
O deputado Luiz Gonzaga (PSDB) perdeu o senso prático, só pode ser: quem viu seu último discurso na Aleac até parecia que a ligação Peru-Pucalpa estava asfaltada.

Menos, menos
Gonzaguinha, meu caro Gonzaguinha, você já passou dos 40 para crer em Papai Noel!

Mérito da Perpétua
A deputada federal Perpétua Almeida (PCdoB) tem seu mérito na anistia dada pelo Governo Federal às multas aplicadas pelos fiscais do Ibama a pequenos produtores do Acre.

Mais meritório
Mais meritório nem foi nem tanto a sua luta, mas o fato que com essa anistia se deu um basta à humilhação sofrida por estes produtores pelos fiscais do Ibama.

Se torcendo de raiva
Quem viu a última entrevista do superintendente do Ibama, Anselmo Forneck, sobre o assunto, notou na sua face o ar de contrariedade e ira por essas anistias.

Aprendeu rápido
O deputado federal Gladson Cameli (PP) aprendeu rápido o caminho dos bastidores políticos: não abandonou seu reduto no Juruá, e montou bases sólidas no Vale do Acre.

Se correr nu
Só não será reeleito se sair correndo nu pela rua em frente à catedral, após a saída da missa.

É esperto
O deputado Delorgem Campos (PSB) é mais esperto do que se imagina: tramou as saídas do deputado Walter Prado e do vereador Astério Moreira para ter o domínio do PSB.

Partido nas mãos
Montou uma chapa em que os demais candidatos serão bucha de canhão à sua reeleição.

Amistosos aparentes
As relações entre o deputado Walter Prado (PDT) e a cúpula da Segurança Pública são amistosas apenas nas aparências, mas, nos bastidores, estão esgarçadas.

Pinto na cabeça
Boa parte do grupo tucano que apoiava a indicação de Normando Sales (PSDB) para senador no PSDB, agora passou a defender a candidatura de Rodrigo Pinto (PMDB) ao governo.

Murchando
A candidatura de Tião Bocalom (PSDB) ao governo vai definhando a cada dia no PSDB.

Frase
“A oposição, no Acre é uma canoa furada e sem quilha”. Frase do ex-deputado federal Osmir Lima (PTB).

Bloco independente

O período legislativo da Câmara Municipal de Rio Branco encerrou com uma novidade política: os vereadores Raimundo Vaz (PRP), Cabide (PTC) e Alysson Bestene (PP), formaram um “bloco independente” na base do prefeito Angelim, que já fez muito barulho nas últimas votações, encurralando a PMRB, e deverá causar muito mais se um diálogo não for aberto.

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation