Política nacional 04/12/2009

“Não tenho nenhum temor, nenhuma preocupação”.

Deputado Michel Temer (PMDB-SP) sobre o envolvimento do seu nome no escândalo do DF.

Enrolado em escândalo é da Ong Transparência
Citado no escândalo de corrupção que devasta o governo do Distrito Federal, o ex-secretário adjunto de Saúde Fernando Antunes é um dos fundadores da ONG Transparência Brasil, que denuncia e monitora casos de corrupção. Também é presidente licenciado da Unacon, União dos Analistas e Técnicos de Finanças e Controle da CGU, a Controladoria-Geral da União, e preside o PPS-DF, o “partido da ética”.

Apuração
Fernando Antunes negou o envolvimento denunciado por Durval Barbosa: “Sou o maior interessado na apuração rigorosa dos fatos”.

Nova equipe
O governador Arruda mudou seu “gabinete de crise”. Na comunicação agora conta com a experiente jornalista Mônica Torres Maia.

Vale lembrar
Apesar de ser a menor unidade da Federação brasileira, o Distrito Federal teve, para 2009, um orçamento de mais de R$ 12 bilhões.

Nossa grana
A Empresa Brasil de Comunicação gastou R$ 104,4 mil para exibir uma série de tevê chamada “Mano a Mana”, da Disney.

Sarney se cuida…
Licenciado por oito dias por orientação médica, o presidente do Senado, José Sarney, toma quantidades industriais de remédios para curar a bactéria que provoca sua gastroenterite. Vai descansar em São Luís. Há uma semana ele se sentiu mal, com dores alucinantes no estômago. Foi a terceira vez que isso ocorreu. Em uma delas, a dor foi tão intensa que o fez se desequilibrar e cair, fraturando o pé.

Cansado
Os amigos mais próximos de José Sarney acham que, além da bactéria que o atormenta, ele sofre de exaustão.

Como pinto no lixo
O ministro Franklin Martins (Propaganda), em geral carrancudo, era todo-sorrisos, ontem, na churrascaria Fogo de Chão, em Brasília.

Brincadeira
A fabricante de brinquedos Tectoy vai se unir a americana Zeebo Inc para formar a Zeebo Brasil S.A. A operação custará R$ 300 milhões.

Fortes emoções
A cúpula do PMDB deverá enfrentar novas fortes emoções, com a revelação das bases do acordo para forçar a saí-da do ex-governador Joaquim Roriz do partido, em 16 de setembro. No dia 17, Durval Barbosa entregou ao Ministério Público Federal sua coleção de DVDs.

Sem desespero
Circularam rumores em Brasília sobre uma suposta ingestão excessiva de tranqüilizantes pelo governador José Roberto Arruda. Mas quem o encontra fica surpreso: ele é quem tranqüiliza amigos e assessores.

Cancelado
Um dos primeiros eventos marcado para a comemoração dos 50 anos de Brasília ia ser uma missa celebrando a primeira missa da Capital. Mas a confusão na qual está o GDF não permite grandes festanças.

e-Pandora
Gira na internet e-mail de membro da Promotoria de Defesa da Infância do Ministério Público do DF pedindo, “se não a prisão, a renúncia imediata” do “corrupto-mor da Capital”. E avisa: isso é “só o começo”.

Curioso
Intriga nos meios políticos de Brasília o fato de não ter aparecido vídeos do ex-secretário do DF Durval Barbosa com aliados do ex-governador Joaquim Roriz (PSC). E eles existem. Muitos.

Isenção
O ministro Dias Toffoli demonstrou ontem que já não conserva amarras ao PT, inocentando o senador tucano Eduardo Azeredo (MG), no Supremo Tribunal Federal. Seu voto surpreendeu até os mais céticos.

Lula esnoba o voto
Em Honduras, o voto é facultativo e compareceram 62% dos eleitores. No Brasil, por ser obrigatório, o comparecimento na eleição de Lula foi de 80%. Mas Lula insiste em ignorar a vontade do povo hondurenho.

Mercado futuro
A marca canadense de cosméticos Collagenna fechou contrato de três anos no Brasil para fornecer produtos a salões de beleza. Segundo a empresa, o país será um dos cinco maio-res mercados do mundo.

Pensando bem…
…o ‘demsalão’ apressou ainda mais o início de facto da campanha eleitoral de 2010.

PODER SEM PUDOR

Pegando no pé (frio) de Dilma

Na véspera do apagão que deixou 70 milhões de brasileiros sem luz, mês passado, a ministra Dilma estava em Cipó (BA) exaltando o governo Lula. Escalado para a louvação à candidata do presidente, o vereador petista Zé Roberto aplaudia a “mulher energia”, a “mãe do PAC”,  a “criadora do Luz para todos” etc, quando ficou no escuro. Esperou ainda alguns minutos pela luz na Câmara, mas mesmo sem som do microfone desabafou:
– Êta mulher pé-frio da gota!?
Sem jeito, deixou o local sob risos até de aliados.

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation