Acisa divulga resultado dos vencedores do concurso Vitrine Premiada

vitrineee
A Associação Comercial do Acre (Acisa/AC) entregou ontem (22), às 9h, na sua sede principal, as premiações às quatro primeiras lojas classificadas no concurso Vitrine Premiada deste ano. A competição reuniu 36 empresas comerciais, inscritas entre 8 a 17 deste mês, visitadas nos dias 18 e 19, e avaliadas nos dias 20 e 21. A 1ª colocada (ou seja, a loja que apresentou a melhor vitrine com decoração natalina) foi a Mr. Cat (com 181 pontos). O 2º lugar ficou com a boutique Maria Mariá (179,5), seguida da VLG Modas e Calçados (172,5) e da Arezzo (172).

Para a disputa, foi montada uma banca composta de 5 jurados (comerciantes e colunistas sociais). Os 4 critérios levados em conta à avaliação foram a criatividade, a beleza, a harmonia do conjunto e a organização interna do estabelecimento. Os prêmios para os 4 vencedores foram oferecidos pelos parceiros do concurso, mediante parceria com a Acisa/AC. O 1º lugar recebeu duas passagens ida e volta para o Rio de Janeiro (dadas pela GOL); o 2º colocado uma TV LCD de 32’; o 3º um notebook (dados pela City Lar) e o 4º ganhou um ano de isenção na mensalidade da Associação Comercial.

De acordo com Irís Tavares, proprietária da Mr. Cat, ganhar o prêmio de melhor vitrine é uma grande honraria para a loja. “É muito satisfatório conseguir esse título, não pelo valor material da premiação e sim pela representatividade. Eu acho que todas as lojas de Rio Branco deveriam buscar se enfeitar mais para fazer desta iniciativa uma superpremiação, além de fazer da própria cidade um lugar mais bonito de se ver, de se andar, de comprar, etc. Então, eu espero que essa premiação incentive às lojas de todos os setores daqui a participarem mais; a se ornarem mais”, completa.

Já o presidente da Associação, Adem Araujo, ressaltou a importância do concurso e se mostrou satisfeito com o resultado deste trabalho em 2009. Ele conta que o Vitrine Premiada é um projeto que existe há mais de 6 anos e que é melhorado a cada nova edição. “Este é um trabalho muito interessante porque estimula o comerciante a enfeitar a sua loja, o que gera um reflexo muito positivo tanto para este estabelecimento comercial, quanto para o consumidor, a rua dessa loja e para a cidade de forma geral”, comenta o empresário.

Assuntos desta notícia


Join the Conversation