A Globo arma a sua programação de seriados para este ano

O diretor de Entretenimento da Globo, Manoel Martins, só deverá anunciar no início de abril a grade de seriados da emissora para este ano. Evidente que ninguém está livre de alguma surpresa, mas a aposta geral é a seguinte:

“Vida Alheia”, de Miguel Falabella, às terças; “A Grande Família” e “Força Tarefa”, às quintas; e “Emergência”, com texto de Marcius Melhem e Daniel Adjafre, ou sexta (depois do “Globo Repórter) ou domingo (após o “Fantástico”).

“Emergência”, comédia ambientada em um hospital, deverá reunir Marisa Orth e Maria Clara Gueiros no elenco, e direção de Mauro Mendonça Filho.
Já para apresentação no segundo semestre, estão cotados.

“Separação”, trabalho do casal Fernanda Young e Alexandre Machado; “Batendo o Ponto”, de Paulo Cursino, com Ingrid Guimarães; “Programa Piloto”, de Cláudio Paiva, com Andréa Beltrão e Fernanda Torres; “Aline”, com Maria Flor; e ainda um trabalho de Bruno Mazzeo, entre outros.    

Como a coluna já adiantou, o gênero seriados é uma aposta do diretor Manoel Martins. Ele acredita muito no formato – a exemplo das tevês americanas e europeias – e com isso tem mobilizado bom número dos autores da casa. Pode até não acertar um ou outro, mas as perspectivas são as mais interessantes. E ninguém pode negar os seus esforços.

Vai mal
Já existem dúvidas, dentro do SBT, se o programa da Eliana conseguirá repetir os mesmos e bons resultados do ano passado.
O natural seria isso, mas ninguém tem esta certeza. Muito por culpa da insegurança que a própria apresentadora vem revelando nos bastidores.
 
Possibilidade
Há um movimento nos bastidores da Globo, que pode culminar com a separação de dois parceiros de muito tempo.
Segundo se informa, a próxima novela de Walther Negrão, em vez de Marcos Paulo, como sempre aconteceu, agora terá direção de Jayme Monjardim.
A medida causa maior estranheza porque a direção da emissora sempre respeitou as diversas duplas existentes.

Vai não vai
O narrador esportivo do Bandsports, Eduardo Vaz, tem convite para transmitir o vôlei na Band aberta. Está na dúvida, se aceita ou não.
O problema é que não existe contrato. Se topar será na base do cachê.

Chapa quente
Há uma preocupação muito grande por parte de setores da Record com as mudanças na programação anunciadas para março.
E tem uma conta que não fecha. Como, com uma novela só, será possível pagar todo o custo operacional do Recnov?
 
Faixa das 18 horas
“Cama de Gato” terá seu último capítulo exibido em 9 de abril, sexta-feira. Na segunda, dia 12, a Globo começa a apresentar “Entre Dois Amores”, novela de Elizabeth Jhin, com Humberto Martins, Jayme Mata-razzo, Nathalia Dill e Débora Falabella nos principais papéis. O título é definitivo.
 
Iglu
Karina Oliani, apresentadora do “Rota Radikal” – com k mesmo -, quadro do “Esporte Fantástico”, da Record, já tem uma pauta de gravações marcada para o Alasca.
Deve embarcar com uma equipe da emissora no próximo dia 8.
 
Transformação 
Com Alice Braga estreando como apresentadora, o programa “Superbonita”, do GNT, apresenta novo formato a partir do dia 19 de março e o título aumenta um pouco, passando a “Superbonita Transforma”.
A convidada será encaminhada para os especialistas do programa, dentre eles o ma-quiador Fernando Torquatto, que voltará no final para mostrar os resultados.
Um lance tipo “Esquadrão da Moda”, do SBT.

Paola-Oliveira
Na contramão  – Contrariando a linha de que vilão bom é aquele que morre no último capítulo, as autoras Duca Rachid e Thelma Guedes reservam outro destino para a bandida de Paola Oliveira (foto) – Verônica – na global das seis, “Cama de Gato”. Ela será desmascarada e sofrerá perdas antes do final. Mas é evidente que as autoras não irão revelar detalhes, porque ainda tem muita história pela frente.

BATE E REBATE

* A Record já tem pronto e distribuído, o plano comercial para a Copa do Mundo. Cobertura jornalística.
* As gravações de “Viver a Vida” continuam atrasadas, mas ninguém reclama mais. A equipe se acostumou.
* Pessoal da Band só agora fez essa conta. A preparação da Indy não pode começar logo depois do Carnaval.
* Será necessário esperar o desfile das campeãs e com isso o tempo estará ainda mais estrangulado. Menos de um mês para a realização da prova.
* Bárbara Borges, estrela de “Bela, a Feia”, realizou bateria de fotos no Rio para uma revista de beleza e boa forma.
* Mas dizem que a atriz se incomodou um pouco porque havia muita gente na locação, uma praia. Queria que esvaziassem o local. Com esse calor?
* Na Bandeirantes isso já era esperado: Daniella Cicarelli não vai participar da cobertura do Carnaval. Não é a praia dela.
* Em relação ao roteiro do filme sobre o assalto ao Banco Central de Fortaleza, este já está aprovado: trabalho do autor Renê Belmonte.
* O elenco, no entanto, deverá ser anunciado pelo diretor Marcos Paulo apenas no final de fevereiro.
* A repercussão é das melhores para o trabalho do agora comentarista Edmundo na Band. Ainda tem muito que caminhar, mas o potencial é grande.
* “Tudo à venda” é um quadro do programa “Vídeo News”, da Band, comandado por Mello Jr. e Pedro Fabrini.

Testando
Roberto Justus vai gravar nos próximos dias um piloto do “Topa ou não Topa”. Mas apenas como treinamento.
Ele só assumirá efetivamente o comando deste programa em dezembro.

C´est fini

Os atores Bruno Gradim e Sérgio Abreu, com passagens recentes por novelas do SBT, estão de mudança para a Record.
A negociação teve início na última quinta-feira. 

Renato Aragão, como novo programa aos domingos, na Globo, deverá recorrer à fórmula do “Acampamento de férias”, já comandado por ele.
Parece que a idéia de um projeto mais ousado ficará para outra oportunidade.

Ficamos assim. Mas amanhã tem mais. Tchau!

 

Assuntos desta notícia

Join the Conversation