Bandeirantes será obrigada a correr contra o tempo até a largada da Fórmula Indy

Pessoal da Band admite certo friozinho na barriga com o que ainda resta a ser feito para a realização da Fórmula Indy no Brasil. 

A prova abre a temporada deste ano e passa a fazer parte do calendário fixo da competição. Inicialmente são quatro anos de contrato.

A responsabilidade é muito grande.

Exatamente isto levou parte da direção da emissora aos Estados Unidos, todos sob o comando do vice-presidente Marcelo Meira, para durante esta semana inteira definir uma ordem de trabalhos.

O maior desses desafios ainda é o de se buscar melhores e mais eficientes mecanismos para enfrentar necessária corrida contra o tempo.

O local escolhido, como já foi divulgado, será o Sambódromo de São Paulo e a pista local da Marginal do Tietê, formando quase um oval.

Serão pouco menos de 30 dias entre o Carnaval e a largada da prova para realização do que é indispensável. 

Tem mais: até agora não se fala em venda de ingressos. Como funcionará isso? E a logística toda? E os equipamentos da transmissão? Ainda são algumas das perguntas sem respostas. O caso exige atenção.

Tudo deve, desde já, ser calculado e medido em seus mínimos detalhes para que nada dê errado e ninguém corra o risco de uma vergonha internacional. Como se sabe, o sinal da Band será distribuído para o mundo e o que se deseja, no mínimo, é a mesma qualidade de outros países. 

 Coisa mais feia
Já existe um movimento por parte de alguns programas, os mesmos e conhecidos de sempre, querendo prestar homenagens a Hebe Camargo. Oportunismo pu-ro. E barato.
Isto, não tem outro objetivo, senão acrescentar 1 ou 2 pontinhos às suas míseras audiências.
No mínimo, e é importante que o público saiba, estão querendo se aproveitar da situação.

Passando a limpo
Marcelo Rezende ia apresentar o seu “Tribunal na TV” nas tardes da Bandeirantes. Gravou pilotos pensando nisso.
A direção da emissora assistiu e decidiu outra coisa. Agora, em vez de diário, será semanal e vai entrar na faixa nobre das sextas-feiras.
Resultado: muda tudo, foco, cenários e luz. Tem que começar – quase – do zero.
Daí a razão de gravar novos pilotos. Quem é de televisão sabe como isso funciona.

Está estranho
Já disseram que não é boa a situação financeira do José Mayer, ou Marcos, em “Viver a Vida”. Mas ele continua gastando.
E trabalhar que é bom, também nunca se viu. Pelo menos nos capítulos apresentados até agora.
Não bastasse, ainda tem dois secretários que também não fazem absolutamente nada.
 
Só conversa
A Rede TV! não deve parar tão cedo com os concessionários em sua programação.
Os discursos dos seus donos são simplesmente contra-riados por contratos existentes.
Alguns com dois ou até mais anos de duração.
 
Reencontro
Alessandra Maestrini e Miguel Falabella, que trabalharam juntos em “Toma lá, Dá cá”, na Globo, estão conversando agora sobre uma parceria no teatro. Um musical.
O lançamento previsto para 2011, porque pelos 6 ou 7 meses ela estará envolvida com a novela “Tempos Modernos”. E o Falabella também se vê às voltas com o projeto de um novo seriado na Globo.
 
Proteção
Depois de viver uma criminosa na série “A Lei e o Crime”,  Aline Borges vai voltar à televisão em “Ribeirão do Tempo”, de Marcilio Moraes, a próxima novela da Record.
Agora como Ellen, personagem que se dedica à defesa dos animais.

Não para
A temporada 2010 promete ser bastante agitada para Ingrid Guimarães.
Recém-saída da novela “Caras & Bocas”, ela já está às voltas com as filmagens de “Sex Delícia”, no qual faz a protagonista, e ainda, está cotada para voltar ao “Fantástico” com a personagem Leandra Borges. 

Agenda

Ana-Hickmann-2
Ana Hickmann volta a gravar o “Tudo é Possível” no próximo dia 27. Novos quadros serão introduzidos para que, neste ano, o programa possa ter “a cara” da apresentadora.
Na Record, a apresentadora terá ainda um novo programa, a versão nacional de “Project Runway”, um reality show de moda que traz jovens estilistas mostrando suas produções.

Faltou ele
Bosco Brasil conseguiu reunir nomes importantes no elenco de “Tempos Modernos”. Não tem do que reclamar. Mas, se faltou alguém, esse alguém atende por Tony Ramos, amigo  do autor de longa data.
Devido aos compromissos do artista, que estava no ar em “Caminho das Índias” e já reservado para “Passione”, não foi possível contar com ele.

Passo acelerado
A Bandeirantes tem o autor, Domingos de Oliveira, e o diretor José Roberto Sanseverino. Também definiu o Polo de Cinema e Vídeo no Rio para as gravações da sua Sitcom “Anjos do Sexo”.
Agora só resta escolher o elenco e dar início aos trabalhos.
Se depender do Hélio Vargas, diretor do seu Artístico, essa é uma estréia que pode acontecer ainda em abril.

BATE E REBATE
* Com programas gravados até o final do mês, Rodrigo Faro retoma seu expediente na Record só no começo de fevereiro.
* Novela não tira Grazi Massafera da avenida. Ela vai sair na Grande Rio.
* A atriz Larissa Maciel, em seu primeiro trabalho nas novelas, será uma feirante em “Passione”, da Globo.
* Gugu Liberato voltará ao vivo com o seu programa da Record neste domingo.
* Por causa da baixa au-diência, antecipou o retorno das férias em uma semana.
* Há um mistério de propósito envolvendo as filmagens do próximo “Tropa de Elite”. A ordem é criar maior expectativa em cima.
* Na nova programação do SBT, o “Esquadrão da Moda”, com Isabella Fiorentino e Arlindo Grund, também será exibido a partir das 10 da noite.
* Serginho Groismann prepara novidades para o “Altas Horas” nos seus 10 anos de existência.
* “Operação de Risco”, um dos novos programas da Rede TV!, deve ter a sua estréia anunciada para 1º de março, segunda-feira.
* A minissérie “Dalva & Herivelto”, exibida recentemente, só em 2011 fará parte do pacote internacional da Globo.
* Neste sábado, 11h15, a Globo vai reprisar o especial “Dó-Ré-Mi-Fábrica”, com Lázaro Ramos.

C´est fini
A “Escolinha” da Bandeirantes, conforme antecipado pela coluna, vai acabar. E aí cabe uma pergunta: e o Sidney Magal? Ele havia renovado contrato até agosto deste ano.
O “Domingo Legal” de Celso Portiolli volta com edição ao vivo no domingo e mostrando novos cenários.
Hiran Silveira, número 1 da Teledramaturgia da Record, desmente – com certa irritação – que os mexicanos da Televisa estariam a caminho do Brasil para decidir a substituta de “Bela a Feia”. Assegura que isto vai acontecer sem eles e, no máximo, até o final da semana que vem.
Ficamos assim. Amanhã tem mais. Tchau!

Assuntos desta notícia


Join the Conversation