Ministério Público leva Globo modificar a personagem de Klara Castanho em “Viver a Vida”

A mudança de rumos na personagem da menina Klara Castanho em “Viver a Vida”, que a princípio seria uma vilã, foi determinada por notificação do Ministério Público do Trabalho do Rio e simplesmente acatada pelo autor Manoel Carlos. 

O órgão observou que o papel poderia acarretar a ela eventuais manifestações de hostilidade por parte do público, além da possibilidade de sérios danos psicológicos ao seu desenvolvimento.

Havia até o risco de o MP tentar tirar a atriz da novela se o planejamento fosse mantido.

Um outro autor da Globo, por sua vez, assistindo a tudo, faz a seguinte observação: “é cada vez mais o Estado querendo interferir nas nossas vidas. Querendo nos ‘ensinar’ como viver nossas vidas, sem trocadilho. Fosse no Brasil, não poderia ter sido rodado, por exemplo, “Poltergeist”.

Mas fato consumado. “Viver a Vida” terá até o seu final o talento indiscutível de Klara Castanho, mas num papel diferente daquele inicialmente concebido.

Resposta da Globo

A Central Globo de Comunicação, a respeito de notas aqui publicadas sobre os editoriais da rádio Jovem Pan, enviou ontem à coluna o seguinte comunicado:

“A proibição do acesso de repórteres às quatro linhas dos gramados dos estádios de futebol, em jogos do campeonato paulista – como acontece na maior parte dos países em que as competições são bem organizadas – é uma nova regra determinada pela entidade organizadora do futebol no Estado de São Paulo, a Federação Paulista de Futebol. A TV Globo e seus profissionais também foram atingidos pela mudança.

No entanto, apoiamos totalmente a medida e qualquer outra que estimule a qualidade do espetáculo e do trabalho da imprensa, beneficiando com isso o torcedor. 

A Globo está ciente que terá acesso aos jogadores em local mais adequado, sem prejuízo algum à prática do bom jornalismo.

A entrada em campo pode perturbar os atletas momentos antes do jogo, abrir espaço para oportunistas que, na verdade, buscam exibir no gramado mensagens publicitárias irregulares e tumultuam o início dos jogos, num desrespeito aos jogadores e ao público”.

Não tem essa
Silvio Santos andou anun-ciando a sua aposentadoria. Disse a quem quisesse ouvir que estava chegando a hora de parar. De passar o bastão.
No SBT ninguém acredita nisso. Em fevereiro, depois de todo este período nos Estados Unidos, ele volta com pilha recarregada e algumas surpresas, que por enquanto ninguém sabe quais são.
 
Encontro
Na última semana, em sua volta das férias, Adriane Galisteu teve uma reunião à porta fechada com Hélio Vargas, número 1 do Artístico e Programação da Band.
Foram discutidos e definidos os planos para a atual temporada. Por enquanto, tudo continua como está. Depois do carnaval, ela deve passar para as noites de terça-feira, num horário mais cedo.
Mas os dois combinaram conversar mais uma vez para  afinar outros detalhes.

Coisa pavorosa
Os canais da Net têm no ar uma propaganda do pay-per-view do atual “Big Brother”, apresentada pelos ex-participantes Priscila e Diego Alemão.
Poucas vezes a televisão teve coragem de botar no ar algo de tão baixa qualidade. E de uma falsidade absoluta. Falas decoradas e mal ensaiadas.
É tudo de ruim.

AAPaloma-Bernardi
Vitrine – Uma novela das nove na Globo desperta mesmo a atenção do mercado para seus atores. Paloma Bernardi (foto), intérprete da personagem Mia Ribeiro, em “Viver a Vida”, está entre os exemplos.
Hoje, é disputada para desfiles, presença Vip e outros do gênero. Nos tempos de “Os Mutantes”, na Record, a situação era outra.

BATE E REBATE
* Marina Ruy Barbosa tem presença assegurada no elenco da próxima novela das 6 na Globo.
* Geraldo Luis tem divulgado que o seu novo programa na Record entrará em produção em fevereiro. A emissora não se pronuncia a respeito.
* Tato Gabus Mendes estará na nova versão de “Ti Ti Ti”, a convite da autora Maria Adelaide Amaral.
* A Bandeirantes registrou o título “Tudo à venda”, mas os detalhes do projeto ainda são desconhecidos.
* O programa “O Preço Certo”, apresentado pelo ator Juan Alba na Record, tem apresentado resultados interessantes.
* Mas só será mantido no ar se receber um bom reforço publicitário.
* Silvia Massari também teve seu nome confirmado no elenco de “A Vida Alheia”, novo seriado do Miguel Falabella.
* Parece que a Record comprou “A Fazenda” dela bem debaixo de uma nuvem. Não pára de chover lá dentro.
* Katiuscia Canoro vai continuar no elenco do  “Zorra Total”. Mas, por pouco tempo. Existem outros planos para ela na Globo.
* Walther Negrão já tem escritos os 5 primeiros capítulos da sua nova novela, que só vai estrear em setembro.
* A direção da Record jura de pés juntos que nem em caso de última necessidade botará no ar novelas dubladas da Televisa. Sabem da rejeição.
* A Globo ainda não bateu o martelo, mas o “Big Brother” pode ser espichado até 6 de abril. A informação oficial até agora é que termina no dia 30 de março.

C´est fini

A direção da Rede TV!, no seu novo e moderno centro de televisão em Osasco, esqueceu de asfaltar o estacionamento destinado aos funcionários.
Com as chuvas dos últimos dias em São Paulo, fica fácil imaginar o quadro de horror que a maioria é obrigada a enfrentar.
Mas atolar no barro existente, por pior que pareça, está longe de ser o maior dos problemas. O local não tem nenhuma segurança. Quem deixa a emissora depois de escurecer está sujeito aos mais diversos riscos, só que a direção da casa não demonstra o menor interesse em resolver o problema. Lamentável.
Então é isso. Mas amanhã tem mais. Tchau!

Assuntos desta notícia

Join the Conversation