Programas religiosos não se sujeitam à classificação obrigatória

A “classificação obrigatória” veio tomar o lugar da censura. Hoje, nada mais é “proibido”, mas a programação da TV – como um todo – já de um tempo passou a obedecer a horá-rios determinados para exibições de suas novelas, séries, seriados, minisséries e até programas de auditório.

É o que agora existe e, se é o que deve valer, não cabe discussão, desde que os seus critérios sejam justos e iguais, com o mesmo efeito para todos.

Acontece que ainda se verificam distorções e, antes que se faça algum juízo, nada contra programa religioso nenhum. Ao contrário. Mas exatamente eles aparecem como perigosas exceções pelo que, a todo o momento, é exibido ou apresentado como verdade absoluta.

Várias pessoas têm as suas deformações, doenças incuráveis ou ferimentos exibidos, em sua boa fé acreditando nos milagres prometidos. Até para casos que a medicina tradicional não tem até agora nenhuma solução.

A saúde ainda está entre os principais problemas do nosso país, o que naturalmente leva muitas pessoas ao desespero. A televisão não pode irresponsavelmente contribuir para o seu agravamento.   
É preciso que por aí exista um melhor critério e que tais cenas, no mínimo, também obedeçam a horários determinados. 

Carnaval
Na semana que vem, em Salvador, Patrícia Maldonado começa a gravar matérias especiais que a Band irá exibir  durante o carnaval.
Lorena Calabria também vai realizar um trabalho parecido, mas no Recife.
 
Jornalismo – I
Luciana Barcellos é a mais nova chefe de redação do SBT em São Paulo.
Antes, era editora executiva do “SBT Brasil”.
 
Jornalismo – II
Diego Sangermano, que durante dois anos foi repórter do SBT em São Paulo, será o novo Gerente Regional de Jornalismo do SBT em Porto Alegre.
Assume na próxima segunda-feira.                                                 
 
Tubarões americanos                                                                           
Luciana Gimenez recebeu a missão de entrevistar, em Nova York, os empresários que participam da edição americana do reality show “Shark Tank”, exibido pela Rede ABC.
A gravação foi feita ontem, na Nasdaq, e ainda não tem data para ir ao ar.

A Rede TV! prepara sua versão do programa, com o título de “No Tanque dos Tubarões”, para estrear em maio.

Novo comando
Valdir Zwetsh, novo editor chefe do “Jornal da Band”, assume a função na próxima semana, mas ainda sem contar com o apresentador titular, Ricardo Boechat, que só volta no dia 20. Boris Casoy continua até lá.
Zwetsh, ex-Record, chega com a missão de elevar os índices do “JB”.
 
Tática
Pessoal da Record jura, de pés juntos, que não existe atraso nenhum nos trabalhos de “A História de Ester”. A data de estréia só não foi confirmada até agora, informa-se, por uma estratégia de programação.
Está com todo jeitão de só começar em fevereiro.
 
A propósito
O mesmo “jeitão” vale para “Ribeirão do Tempo”, novela do Marcílio Moraes. Também não estréia antes de março
O segredo em cima dela também é bem comprometedor.
 
Estado de graça
O autor Walcyr Carrasco teve uma segunda-feira das mais memoráveis na TV. “Alma Gêmea”, em reprise, no “Vale a Pena Ver de Novo”, da Globo, deu 21 de média, com 55% de participação de audiência. O SBT, 2º no horário, ficou com 6.
No mesmo dia, “Caras & Bocas” marcou 35 pontos, com 61% de share. Um pouco demais.         

Alinne-Moraes
Fuso diferente – “Viver a Vida” está com um calendário novo ou diferente do nosso. O seu réveillon só começou na segunda-feira e ainda ontem não tinha dia para terminar.
Vai que, numa dessas, o autor entregou o capítulo com atraso.
Na foto, cena do réveillon da novela com participação de Alinne Moraes.   

BATE E REBATE

* O “Jornal da Globo” de segunda-feira foi ao ar na terça. Começou quase uma e meia da manhã do dia seguinte.
* “Dalva & Herivelto” tem elenco de primeira, interpretações sublimes, texto correto e cenário de acordo.
* A Globo revela, uma vez mais, toda a sua qualidade, inclusive técnica, neste novo trabalho.
* Nesta microssérie percebe-se a preocupação de todos em não cair na pieguice ou deslumbramento.
* O “Jornal da Record”, aos sábados, passou a ser apresentado a partir das 9 da noite.
* Orlando virou, neste começo de ano, a capital brasileira dos apresentares de TV. Todo mundo lá: SS, Fausto Silva, Gugu, Amaury…
* O que é a vida… Na praia de Jurerê, Florianópolis, sábado, os ex-BBBs Max e Priscila deram muito mais autógrafos que Glória Maria.
* A Band fará novos ajustes na sua equipe de esportes antes da Copa da África. Resta saber o que isto significa: se dispensas ou contratações.
* Ivete Sangalo em preparativos para o carnaval: praia, pegando a cor necessária, e muita malhação.
* SBT jogando todas as suas fichas na estréia do reality “Solitários”, segunda que vem, 10 da noite.
* Marcelo Campos Pinto, diretor da Globo Esportes, está em férias até o final de janeiro.

 Time escalado                                                                                         
Oficialmente, são estes os nomes que estarão com Marcos Mion no programa “Os Legendários”, na Record: Miá Mello, Marcelo Marrom, Felipe Solari, João Gordo, Jaqueline Koury, Gui Pádua e Mionzinho.

C´est fini

Luigi Baricelli entra em fé-rias na segunda-feira. Só voltará ao comando do “Vídeo Show” no começo de fevereiro. A propósito, o programa, com o seu novo esquema aprovado, vai continuar do mesmo jeito nesta nova temporada.
O novo “Big Brother” agora terá 8 mulheres contra 7 homens. Uma a mais. A diferença pode ser explicada pelo fato de, até agora, nas 9 edições, as participantes terem vencido apenas duas.
Então é isso. Mas amanhã tem mais. Tchau!

Assuntos desta notícia


Join the Conversation