Política local 06/01/2010

“Se depender da minha opinião sairá a aliança Wanderley Zaire-Toinha Vieira”.

Deputado Mazinho Serafim (PSDB).

Candidato dele mesmo
Um tucano emplumado fez ontem o comentário: “o Tião Bocalom não tem o apoio dos deputados Donald Fernandes e Luiz
  Gonzaga, do Márcio Bittar, da Toinha Vieira, do José Vieira, do Normando Sales, na sua ânsia de disputar o governo. O Bocalom, no PSDB, é candidato dele mesmo”. Pelo comentário, o ninho tucano virou casa de caba.

Esta é a questão
Mas, uma coisa ninguém pode tirar do Tião Bocalom: é tinhoso!. Não é de hoje que os seus adversários tentam tirá-lo da presidência do PSDB e não conseguiram o intento.

Sendo sincero
Para ser sincero, ainda tem uma pessoa que defende sua candidatura ao governo: deputado federal Sérgio Petecão (PMN).

Só deu ele
Recebo a revista “O Acre em Copenhague”. Nas dez páginas da publicação do governo estadual, o governador Binho Marques aparece em quatorze poses fotográficas.

Companheiro!
Marcus Vinicius, historiador petista, deveria ter cautela ao se referir negativamente ao ex-governador Orleir Cameli. O “Barão” é hoje o “guru nórdico” do PT no Vale Juruá.

Aliado antigo
É uma aliança que vem dos três últimos meses do governo Cameli. Se a sua gestão fosse tão desastrada, esta simbiose com o PT não haveria e não perduraria até hoje.

Fechado em copas
O ex-governador Jorge Viana continua fechado em copas quando se trata do nome para a segunda vaga do Senado na FPA. Como curió em muda, não emite um pio.

Após o Carnaval
Esta é uma definição que vai ser empurrada pelo PT para depois do Carnaval.

Porta-bandeira
Encontro o Abrahim Farhat, petista histórico, que vai logo pedindo: “Lhé, coloque na sua coluna que no PT sou um dos maiores defensores de uma aliança com o PMDB”.

Uníssonos
Já entrevistei as principais lideranças da oposição e não ouvi de nenhuma delas um só comentário elogioso à candidatura do Tião Bocalom (PSDB) ao governo.

Não pode criticar
São críticas, se válidas quanto ao fato de Tião Bocalom colecionar desafetos, por outro lado, em termos de densidade, a candidatura do Rodrigo Pinto (PMDB) não lhe supera.

Grande dilema
Este é o grande dilema. Para sacar a candidatura de Tião Bocalom ao governo a oposição teria que ter um nome com maior densidade eleitoral e não tem este nome.

Fora do processo
Teria se um Flaviano Melo (PMDB) e um Márcio Bittar (PSDB) fossem postulantes ao governo, mas estão fora da disputa.

Ponto de segurança
É exatamente neste fato político que Bocalom se apega para manter sua candidatura ao governo contra tudo e contra todos dentro da oposição.

Aguardando respostas
Mandei umas perguntas não combinadas à senadora Marina Silva (PV). Como não são melosas, como as que costumam lhe fazer, não sei se ela vai responder.

Campo minado
Sena Madureira virou um campo político minado, dividido entre o grupo do ex-prefeito Nílson Areal e do atual prefeito Wanderley Zaire, por conta do rompimento de ambos.

Fogo cruzado
Se acontecer uma nova eleição em Sena Madureira, de qual lado ficarão os dirigentes do PT: com Nílson Areal ou com Wanderley Zaire? É a grande pergunta.

Capítulo inicial
Este é um capítulo de uma novela belicosa que apenas está começando.

Não pode se criticar
Todo prefeito se cerca de pessoas de sua confiança, por isso não há como criticar o prefeito Wanderley Zaire pelas mudanças efetuadas no secretariado.

Jogo político
Isso fez e sempre fará parte do jogo político, esteja quem estiver no poder.

Gente de valor
É salutar quando se vê a ex-governadora Iolanda Lima voltando à política, porque entrou honesta e saiu honesta do governo, o que geralmente não é muito comum.

Novo rumo
Normando Sales (PSDB) virou candidato a deputado estadual. Ao contrário de quando era postulante ao Senado, para a Aleac tem chance.

Não é delegacia
Chega e-mail de Tarauacá enviado por um vereador sobre um empresário que espanca a mulher em via pública. Meu caro vereador, isso aqui não é Delegacia da Mulher!

Uma bela praça

Passei ontem pela Cohab-Bosque e fiquei impressionado com o que vi: onde antes existia uma antiga praça abandonada, surgiu um belo e moderno logradouro. São essas ações positivas que deixam o prefeito Angelim em alta popular. A permanecer nesta batida, ele sairá da PMRB como um dos prefeitos da Capital mais bem avaliados.

Assuntos desta notícia


Join the Conversation