Política local 31/01/2010

“Dá-se muita atenção ao custo de se realizar algo. E nenhum ao custo de não realizá-lo”.

Philip Kotler, consultor americano.

Cautela e caldo de galinha
Não se conseguiu arrancar uma palavra de Jorge Viana sobre o nome da segunda vaga do Senado na FPA. Não necessariamente a conjuntura nacional da aliança PMDB-PT terá reflexos no Acre; mas, pode ter, se for levado em conta Dilma Rousseff (PT) estar em baixa nas pesquisas. Por isso, cautela e caldo de galinha não fazem mal a ninguém.

Pedra no sapato
Não fosse este importante componente esta equação já estaria resolvida no PT.

Fato que pesa
Não há muito como criticar o prefeito de Marechal Thaumaturgo, Randinho (PMDB), se este apoiar Gladson Cameli (PP), financista de sua campanha, para deputado federal.

Amor antigo
Caixa D’água, pai de Randinho, já foi cabo-eleitoral na primeira campanha do Gladson.

Vergonha
A proposta feita pelo prefeito de Feijó, Dimdim (PSDB) de oferecer máquinas e pessoal para limpar a cidade de Tarauacá, imunda, é uma vergonha para os seus munícipes.

Nem se lixa
O prefeito de Tarauacá, Wando Torquato, não está nem aí, que é contar os seus bois.

Trinca do barulho
Aliás, fica muito difícil saber quem faz a gestão mais desastrada entre Wando Torquato (Tarauacá), Carlinhos (Acrelândia) e Manuel Almeida (Manuel Urbano). É páreo duro!

Um dos poucos
O prefeito de Cruzeiro do Sul, Wagner Sales, é um dos poucos vencedores da última eleição que está escapando da mediocridade e fazendo uma boa administração.

Como um diferencial
E com um diferencial: boicotado pelo governo e trabalhando com recursos próprios.

Campanha na rua
O deputado Manoel Mo-raes (PSB) está ajudando nos recursos de todos os proprietários rurais que, segundo ele, receberam multas injustas do Ibama.

Leve detalhe
O deputado Manoel Moraes (PSB) é fiscal do Ibama, mas se diz contra perseguições.

Passar a régua
O presidente da CPI da Pedofilia, deputado Tchê (PDT), ouvirá o secretário do Governo, Francisco Pian-ko, na volta dos trabalhos, para findar especulações de blindagem.

Pouco a fazer
Depois de ouvir Pianko, acusado de abusar sexualmente de índias, a CPI finda seu ciclo.

Tudo nos eixos
Se o prefeito Angelim conseguir colocar a Saúde nos trilhos, dando uma sacudida de ânimo no secretário Pascal Khalil, acaba o único ponto de desgaste da PMRB.

Setor precário
Nos outros setores a PMRB vai bem, mas, na Saúde não ganha nem da dengue.

Não é por falta
E não é por falta de recursos que as coisas não acontecem na Saúde municipal.

Nome em ascendência
Não existe nada melhor no grupo do prefeito de Epitaciolândia, José Ronaldo, para disputar a sua sucessão, se trabalhar bem o nome da vice-prefeita Toinha Hassem.

Bom somatório
A vice-prefeita Toinha Hassem é simpática e já se mostrou muito boa de voto.

Decisão arquivada
Quem conversou com o prefeito de Sena Madureira, Wanderley Zaire, recentemente, revela que ele deixou de lado momentaneamente a decisão açodada de renunciar.

Peso negativo
Uma renúncia teria peso negativo tremendo na sua boa imagem de administrador.

Rei da milhagem
O secretário Cassiano Marques, do Turismo, conhecido como “rei da milhagem” faz jus ao cargo que ocupa, porque vive mais fora do Estado do que no gabinete de trabalho.

Não capina sentado
A seu favor pesa integrar o minúsculo grupo de bons secretários do governo Binho.

Mais corretas

Se o Pereira vai se eleger é uma incógnita, mas se chegar na Aleac, terá a difícil missão de substituir um dos deputados mais éticos que conheci: seu pai, Geraldo Maia. Não se conhece ao longo da carreira do saudoso Geraldo Maia uma bandalheira.

 

Assuntos desta notícia

Join the Conversation