Política nacional 17/01/2010

“A oposição não tem nem rumo”.


Deputado Cândido Vacarezza (SP), líder do PT na Câmara dos Deputados.

Gastos secretos da Presidência crescem 39%
As despesas com cartões corporativos da Presidência da República, protegidas por sigilo a pretexto de garantir “a segurança da sociedade e do Estado” cresceram quase R$ 2 milhões em 2009, um aumento de 39,1% em relação a 2008. O total dos gastos sigilosos foi de R$ 6,79 milhões. Os gastos secretos da Vice-Presidência aumentaram 174%, pulando de R$ 182 mil em 2008 para quase R$ 500 mil em 2009.

O campeão
O campeão de gastos secretos no governo é o Ministério da Justiça, que omite do contribuinte o destino de R$ 13,56 milhões em 2009.

Inteligência
As despesas da Agência Brasileira de Inteligência, que não detalha os gastos, cresceram apenas 2,5% em 2009. Gastaram R$ 6,75 milhões.

Ficção
Para o senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA), o Orçamento é visto pelo Governo Federal como uma “mera peça de ficção”.

Limpeza
O Ministério da Agricultura renovou contrato com a empresa Ipanema para a prestação de serviços de limpeza. Custo: R$ 7,15 milhões.

Pandora investiga…
Os responsáveis pelas investigações da Operação Caixa de Pandora, em uma segunda fase, investigam sinais exteriores de riqueza de ocupantes de cargos públicos envolvidos no escândalo. O caso do presidente da Câmara Legislativa do DF, Leonardo Prudente, aquele que enfiou dinheiro na meia, é um dos que mais impressionam. Há informações inclusive sobre a compra de avião em nome de laranja.

Laranja voadora
Um avião turbo-hélice King Air, que pode custar US$ 4 milhões, teria sido comprado em nome de um assessor de Leonardo Prudente.

Ajuda
O Ministério da Justiça avalia a idéia de enviar um contingente da Força Nacional de Segurança ao Haiti.

Trabalhão
O Distrito Federal tem hoje 1,1 milhão de carros, mas o Detran de Brasília só tem dois guinchos para atender a população.

Aécio no paraíso
Usando um capacete que lhe garante o anonimato, o governador Aécio Neves se juntou a amigos e, comecinho do ano, percorreu de moto, na areia, todas praias de Alagoas, de norte a sul. Ficou extasiado: “é o mais belo litoral do Brasil”. O grupo já percorreu 2.600km de praias.

Atestado médico
A Polícia Federal realizou na última sexta o primeiro depoimento da Operação Caixa de Pandora. A convocação era para duas pessoas, mas uma delas apresentou atestado médico e adiou a conversa.

Inspiração fascista
O “plano de direitos dos mano”, da turma do secretário Paulo Vanucchi, é a terceira investida contra a liberdade de imprensa, no governo Lula. A primeira foi o “conselho federal de jornalismo”, de inspiração fascista.

Emendas de bancadas…
A retenção de emendas de bancada dos parlamentares gera desconforto entre o Congresso e o governo. O Ministério do Planejamento fez cortes e a liberação não chegou a 15% do valor inicial.

… são folclore nos estados
O estado do Pará, por exemplo, tinha previsto R$ 350 milhões em emendas, mas só recebeu R$ 80 milhões. No caso do Amazonas ainda é mais grave. O valor executado não chegou a R$ 20 milhões.

Número 1
O estado que recebeu a maior quantidade de emendas de bancada do Congresso Nacional em 2009 foi o Distrito Federal. Foram orçados no início do ano R$ 796 milhões e liberados um total de R$ 366 milhões.

Jovens embaixadores
Trinta e cinco brasileiros que participam da 8ª edição do programa Jovens Embaixadores foram recebidos esta semana pela primeira-dama dos EUA, Michelle Obama. A reunião durou 25 minutos.

Foco digital
O Ministério da Ciência e Tecnologia tenta investir na capacitação digital da população de Roraima. Para a capital Boa Vista foram destinados R$ 1,6 milhão. O difícil vai ser comprovar os resultados.

Pensando bem…
… os tucanos acusam Dilma Rousseff de se esconder atrás de Lula. A verdade é que ela se esconde bem em cima dele.

PODER SEM PUDOR

Em Lisboa, só doido

Em visita a Lisboa no final de 2003, Fernando Henrique jantou com o ex-presidente Mário Soares e o ex-primeiro-ministro António Guterrez, contando casos para ridicularizar o seu ex-embaixador, Itamar Franco:
– E vocês não sabem da maior: o doido não queria vir para cá, mas, para Buenos Aires, o que seria uma loucura à qual eu jamais chegaria…
Os portugueses trocaram olhares constrangidos, FHC tentou consertar:
– Um ex-presidente tinha de vir para um posto da importância de Lisboa…
Mas o estrago estava feito. Os portugueses se ofenderam com a gafe que confirmou o desprezo do francófilo FHC pelas relações luso-brasileiras.

Assuntos desta notícia


Join the Conversation