Pular para o conteúdo

Nilton Goiano e Rosier de volta aos treinamentos no elenco do Juventus

As principais novidades no treino de ontem à tarde no Dom Giocondo Maria Grotti foram os retornos do atacante Nilton Goiano e do meia Rosier ao restante do elenco. Nilton, acometido de dengue, ainda ensaiou algumas jogadas quando o treino era meio campo, porém acabou poupado do coletivo com o campo inteiro, enquanto o meia Rosier treinou a parte com o preparador físico Ricardo Mendes.

Os dois jogadores demonstraram confiança em reintegrar o mais rápido possível a titularidade no elenco juventino. “Não foi bem um machucado, na verdade inflamou, mas já treinei com o Ricardo (uma hora) e já me sinto bem”, afirmou Rosier, que inflamou a parte externa do pé esquerdo.

Identificado com o Estrelão, agora o meia é a principal esperança de criação de seu principal arqui-rival nos campos acreanos. “Quando se é bem recebido, você quer fazer o máximo e dentro de campo ser profissional, fora dele a amizade continua”, disse o jogador. Rosier vem recebendo proposta de outras equipes, muito mais pelo fato de não ter ainda assinado com o Juventus.

Ainda sentindo a fraqueza, sintoma da dengue, Nilton Goiano preferiu se reintegrar ao grupo para treinar e afirma que a disputa pelas vagas no ataque juventino tem sido boa. “Jamil e (Marcelo) Cabeção vem treinando, são grandes jogadores, mas a minha prioridade é me recuperar, independente de quem entre, e então ficará por conta do Illimane”, avaliou.

O atacante acabou retornando para o Juventus graças a um convite de Davi Abugoche (vice-presidente) e César Felício (gerente de futebol). “Tive também uma conversa com minha esposa (Flávia Silvia) e sei que não podemos nos deixar levar pela vaidade, principalmente quem tem dois filhos (Milton Neto, 6 anos, e Mauro Neto, 4 anos) por isso voltei”, afirmou o jogador que tem contrato para a Copa do Brasil. “Fui muito bem recebido pelos companheiros, agora é retribuir dando o meu máximo”, garantiu.

Nilton havia se afastado em companheirismo aos outros jogadores goianos dispensados do clube. Ontem, no final da tarde, todos se encontravam no Juventus para uma conversa final com a diretoria do clube para sanar qualquer atrasado dos atletas.

Bicho – A diretoria do clube vem analisando os últimos jogos realizados no estádio Arena da Floresta pela Copa do Brasil para fechar o valor do “bicho” a ser proposto aos jogadores em caso de conseguir levar a decisão para o Mineirão, em Belo Horizonte. O motivo é simples, se o Juventus for eliminado (derrota por uma diferença de dois ou mais gols), o clube leva apenas 40% do líquido da renda, enquanto se conseguir impedir essa diferença, os 100% da bilheteria ficará com o clube, isso, é claro, tirando as dívidas contraídas pelo jogo.

Treinos – O treino no Juventus foi realizado em dois períodos, sendo um com meio campo e o outro um coletivo de campo inteiro. A principal ausência foi do zagueiro Silvão, capitão juventino, que foi poupado, pois apresentava também sintomas de dengue.

Nesta quinta-feira haverá um coletivo no estádio Antônio Aquino, marcado para iniciar às 16h. O jogo treino será entre os jogadores do Juventino. No entanto no sábado, novamente no estádio da Federação, está marcado um amistoso contra um selecionado xapuriense, marcado entre o técnico Illimane e o presidente da Acea, Leônidas Badaró. O confronto também será às 16h.