Caixa oferece linhas para quitar despesas de início de ano

Taxas de juro são a partir de 0,85% ao mês e o prazo para o pagamento em até 96 meses

 A Caixa Econômica Federal oferece linhas de crédito para pagamento das despesas de início de ano. Quem não se programou ou guardou pouco dinheiro, poderá contar com opções de empréstimos, condições facilitadas e financiamento ágil, com algumas das melhores taxas do mercado.

 Os atrativos são as taxas de juro a partir de 0,85% ao mês e o prazo para o pagamento de até 96 meses, de acordo com a modalidade escolhida ou da empresa onde trabalha, no caso do consignado.

 O Crédito Direto CAIXA (CDC), por exemplo, tem limites pré-aprovados e o recurso pode ser obtido direto nos terminais de auto-atendimento do banco, pelo 0800-574-0505 ou pelo Internet Banking (www.caixa.gov.br). O crédito tem valor mínimo de R$ 300 e máximo de R$ 15 mil, e o prazo para pagamento varia de acordo com o crédito escolhido. As prestações são debitadas automaticamente na conta do correntista.

 Já o Crédito Pessoal pode ser parcelado de acordo com as necessidades e capacidade de pagamento do cliente. Para beneficiários do INSS, servidores públicos e empregados de empresas privadas que firmem convênio, além das baixas taxas de juro (a partir de 0,85%), o pagamento pode ser feito por meio de desconto em folha.

 Para clientes da Conta CAIXA Fácil, o banco dispõe do Crédito CAIXA Fácil Rotativo. O valor inicial é de R$ 200,00, podendo ser utilizado ou coberto a qualquer dia do mês, sendo pago juros apenas pelo valor utilizado e nos dias utilizados. A taxa de juros é de 2% ao mês, sendo paga apenas sobre o valor e sobre os dias utilizados.

 Outra opção é o cheque especial, que oferece crédito direto na conta corrente. A taxa de juro varia de 1,15% a 6,75% ao mês, e os encargos são cobrados apenas sobre os dias úteis em que a conta permanecer devedora.

 Para obter mais informações, basta procurar uma agência da CAIXA, ou ligar no 0800-726 0101.

(Da Assessoria)

 

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation