João Fecury é empossado novo presidente da Acisa

posseeee

Governador Binho prestigiou posse de João Fecury

O governador Binho Marques participou segunda-feira, 11, da cerimônia de posse da diretoria da Associação Comercial, Industrial, de Serviços e Agrícola do Acre (Acisa). Assumiu a presidência o economista João Batista Fecury, que ao longo de 19 anos ocupou vários cargos na associação. “João Fecury é mais que preparado para ser presidente daquela que talvez seja a mais antiga organização não- governamental do Acre”, disse o governador, expressando confiança numa presença inovadora da Acisa na construção da Nova Economia do Estado, que é baseada no mercado de Carbono. A posse ocorreu no hall de eventos do Pinheiro´s Palace Hotel. Aos 42 anos, o novo presidente da Acisa é empresário do ramo imobiliário  e dono de negócios ligados à pecuária. “Este momento é o coroamento desses anos de atividade na Acisa. Depois desses anos, considero hoje concluído meu estágio. Sinto-me apto para a função”, disse Fecury. 

Estiveram presentes a senadora Marina Silva;  o presidente do Tribunal de Justiça, Pedro Ranzi; o prefeito em exercício de Rio Branco, Eduardo Farias; o presidente da Câmara de Vereadores de Rio Branco, Jessé Santiago; o secretário de Estado da Fazenda e Gestão Administrativa, Mâncio Cordeiro, lideranças classistas e empresariais. Fecury ocupa a vaga de Adem Araújo, que esteve à frente da organização por quatro anos.  “Fico feliz com esse momento e tenho certeza que João Fecury fará um trabalho muito bom”, disse o empresário.  Araújo lembrou que o comércio é o segundo maior empregador do Acre, perdendo apenas para o setor público.

A posse foi marcada pela assinatura de um convênio de cerca de R$ 500  mil entre a Acisa e o Sebrae. O Acordo de Resultados Para Fortalecimento das Associações Comerciais  será utilizado na reestruturação das organizações ligadas à Acisa e foi firmado pelo superintendente do Sebrae, Orlando Sabino, e os representantes da associação.   Avançar nos acordos e ampliar as parcerias estão entre as metas de Fecury, cujo mandato termina no final de 2011. Além disso, implantar um programa de recuperação de crédito em parceria com o Tribunal de Justiça através da Câmara de Mediação e Arbitragem. 

A senadora Marina Silva também expressou confiança na participação da Acisa na Nova Economia do Acre e propôs uma “nova narrativa” para o comércio. “E o Acre é o melhor Estado para essa narrativa”, disse, fazendo também referência ao sucesso da proposta acreana apresentada no final do ano passado na COP-15, a Conferência da ONU sobre as mudanças climáticas realizada em Cope-nhague. “O que está sendo defendido aqui não é a soma, mas a integralidade de um sistema. É um momento de muito desafio”, completou, parabenizando João Fecury e desejando sucesso à nova diretoria da Acisa.

A associação foi instalada primeiramente em 1924, só vinte e um anos após o término da Revolução Acreana, visando à defesa dos negócios da borracha. Na década de 1940, no final da Segunda Guerra Mundial, uma nova queda no mercado da borracha causa colapso na economia acreana. Novamente os empresários se agrupam ao redor da Associação Comercial do Acre para defender seus interesses. O advento  do decreto 146, de 10 de outubro de 1953, assinado pelo então governador do Território, Raimundo Pinheiro Filho, reconheceu a associação como entidade de utilidade pública, o que trouxe grande ânimo aos filiados. Os avanços se seguiram e a organização possui hoje mais de 1.000 filiados em todo o Estado. (Agência Acre)

 

 

posse1

posse2

Assuntos desta notícia


Join the Conversation