Carro de vice-prefeito cai no rio durante travessia em balsa

O vice-prefeito de Porto Acre, Raimundo Jerônimo, popular Coca, (PCdoB), passou horas de tensão depois que seu veículo caiu no rio quando ele ia com sua família passar o fim de semana em sua colônia, no Ramal do Caquetá.

O acidente, que por pouco não virou uma tragédia, ocorreu por volta das 7h30 de ontem, no momento de fazer o embarque do carro na balsa para a travessia, o carro deslizou na lama e caiu no rio.

O carro era dirigido pelo cunhado do vice-prefeito, conhecido por Souza, que caiu na água dentro do carro.

“No momento em que o carro afundou no rio, o vice-prefeito pulou na água e conseguiu tirar seu cunhado pela janela do carro. Ele estava bem. Sua esposa e seus filhos estavam chegando ao porto quando isso aconteceu”, relata a jornalista Janaira Chaves, no Portal da Aleac em Porto Acre.

A população foi solidária e ajudou a encontrar e tirar o carro do rio, com a ajuda do Corpo de Bombeiros de Rio Branco.

A retirada do carro de dentro do rio durou mais de 6h30. Quando o Corpo de Bombeiros chegou ao local, a população já havia localizado o lugar onde estava, sendo necessário apenas retirá-lo da água juntamente com alguns objetos pessoais.

“Eles ainda conseguiram salvar bolsas, feiras, mochilas. Mas, perderam fogão e uma botija de gás. E quando conseguiram tirar o carro, já era mais de 2h15”.

Populares entrevistados destacaram que os embarques, desembarques e travessia dos carros são feito em uma balsa no Porto do Cais, sendo cobrado o valor de R$ 10. O Porto do Cais é um local onde a movimentação de pessoas, motos e carros são freqüentes. (Portal Aleac)

Assuntos desta notícia


Join the Conversation