Política nacional 23/02/2010

“Dilma tem notória capacidade de desenvolver ações autoritárias”.

Presidente do PSDB, senador Sérgio Guerra (PE) ao criticar a candidata de Lula.

Governador topa trocar prisão por renúncia
Carta-renúncia assinada pelo governador José Roberto Arruda foi confiada a um de seus advogados, a quem caberá
 decidir sobre sua apresentação, caso isso seja útil à sua defesa ou à revogação de sua prisão. A informação é de pessoa muito ligada a Arruda. O mérito do habeas corpus deve ser julgado nesta quinta, no Supremo Tribunal Federal, mas não há indí-cios de que a prisão venha a ser revogada.

Mais seis semanas
Para advogados experientes, Arruda deve ser solto em seis semanas, concluída a fase de instrução penal – cuja obstrução o levou à cadeia.

‘Base’ reunida
O governador interino do DF, Paulo Octavio, reuniu doze deputados aliados em sua casa, mais o presidente da Câmara, longe da imprensa.

Aliados secretos
Três deputados “ficha imunda”, estrelas nos vídeos de Durval Barbosa, foram instados a não aparecerem na reunião na casa de Paulo Octavio.

Nova sigla
Já se sabe que o PT acabou faz tempo. Mas desconhece-se sua nova sigla: PTCC – Partidos dos Trabalhadores em Cargos de Comissão.

Arruda, 12 dias depois…
Policiais dizem que o governador José Roberto Arruda tinha postura arrogante, ao chegar à prisão há doze dias, achando que sairia logo. O tempo foi passando e agora ele está totalmente colaborativo. Nunca reclama, sempre diz “tudo bem”. Quando o transferiram de sala/cela, não protestou. Os advogados é que se encarregaram disso. Está cada vez mais magro e deprimido. E toma remédio controlado, tarja preta.

Humilhação e…
Queriam raspar cabelos e bigodes do ex-deputado distrital Geraldo Naves, ao ser preso. Seria o “procedimento padrão”, no cárcere.

…barra pesada
Os bigodes – salvos pelos advogados – são a marca registrada de Geraldo Naves, estrela do programa policial “Barra Pesada”, na tevê.

Exagero
Exageraram na “cassação” do prefeito Gilberto Kassab (DEM): no Brasil, sentença de primeira instância tem força de um parecer.

Kassab afogado
Há um problema que preocupa mais o prefeito paulistano Gilberto Kassab do que a “cassação” já cassada: ele despenca nas pesquisas, afogado no despreparo de São Paulo para enfrentar as chuvas.

Inferno astral
Gilberto Kassab e sua vice, Alda Marco Antonio, já não se falam. O muxoxo azeda a relação entre o DEM do prefeito e o PMDB de Alda, que quer eleger senador o ex-governador Orestes Quércia.

Mão no seu bolso
A Comissão de Anistia do Ministério da Justiça decide amanhã quanto o “perseguido” Carlos Minc, droga de ministro do Meio Ambiente, vai faturar como “anistiado político”. Vem aí uma nova coleção de coletes.

Banho-maria
O presidente do Senado, José Sarney, que está de cama, com gripe, ainda aguarda parecer do primeiro-secretário Heráclito Fortes (DEM-PI) sobre a recomendação da comissão de inquérito para demitir o ex-diretor-geral Agaciel Maia. A decisão final deve ser da mesa diretora.

Controle remoto
Chamou a atenção no discurso da candidata Dilma, na convenção do PT, o elogio ao consumo de TVs, fogões e computadores. Para que TV, reduto do “esterco cultural” do aspone Top-Top Garcia?

Política é replay
Enrolada nos EUA até o último parafuso, a japonesa Toyota, além de ter 32 lobistas no Congresso, fez doações às campanhas de 40% dos parlamentares, revela o Washington Post. Onde já vimos isso antes?
 
Neoíndio
A Funai quer introduzir uma nova categoria de aldeias indígenas: os “povos ressurgidos”. Mesmo pequenas, seriam importantes para a preservação ambiental. Traduzindo: querem ser donos do pedaço.

Delegacias esvaziadas
O Governo Federal, o Ministério Público Federal e o Conselho Nacional de Justiça querem acabar com carceragens em delegacias. Hoje, pelo menos 12% dos presos estão trancafiados em celas imundas e lotadas.

Pensando bem…
…começou a temporada de caça ao DEM.

PODER SEM PUDOR

Ataque à língua

Certa vez, em uma reunião ministerial, as ministras Matilde Ribeiro (Igualdade Racial) e Nilcéia Freire (Políticas para as Mulheres) reclamaram de suas minúsculas instalações. Mas a novata Nilcéia provocou um momento de descontração, ao pedir um “upgrade” do seu modesto gabinete:
– O ministro Aldo Rebelo não gostou disso… – disse o ministro José Dirceu.
Aldo é autor de um projeto de valorização da língua portuguesa, que objetiva a desestimular o uso de expressões estrangeiras.

Assuntos desta notícia

Join the Conversation