Pular para o conteúdo

Acreano integra equipe de médicos brasileiros no Haiti

Um grupo de nove médicos brasileiros embarcou ontem com destino ao Haiti, onde vai reforçar a ajuda humanitária às vítimas do devastador terremoto de 12 de janeiro. O acreano Janilson Lopes Leite integra a equipe ao lado de profissionais dos estados do Amazonas, Minas Gerais, Rio Grande do Norte, Sergipe, Mato Grosso do Sul e Paraná.
Haiti
O encontro dos profissionais aconteceu na tarde de ontem, em São Paulo, de onde seguiram de avião com destino ao Haiti. Segundo Janilson, existe uma expectativa do grupo se encontrar com o presidente Lula durante a missão.

A formação desse grupo de médicos é uma iniciativa da recém criada Associação Médica Nacional “Maíra Fachini” (AMN-MF), até agora a única entidade da categoria médica a enviar contingente de profissionais para atuar no Haiti, tanto para o trabalho de recuperação dos feridos no terremoto, como para atuar na atenção básica à saúde da população haitiana.

A AMN-MF atende, assim, ao chamado do Governo de Cuba, do Comandante Fidel Castro em particular, que conclamou a formação de um “Exército de Jalecos Brancos” em solidariedade ao Haiti, com base na mobilização de centenas de médicos formados pela Escola Latinoamericana de Medicina, sediada em Cuba.

O grupo de médicos brasileiros se somará à Brigada Henry Reeve, que já se encontra no Haiti com um contingente de trezentos médicos que, por sua vez, somam-se aos 600 médicos cubanos que estavam trabalhando solida-riamente no país vizinho ao longo dos últimos seis anos.

Desde as primeiras semanas do terremoto, a AMN-MF também colocou à disposição do Governo Brasileiro, cinqüenta médicos e médicas brasileiros para se somarem à Missão do Brasil no Haiti. Esses profissionais, todos formados em Cuba, foram capacitados para o trabalho em situação de desastres, catástrofes naturais e guerra. Estamos aguardando um posicionamento do Governo Brasileiro.

“A AMN-MF tem orgulho de integrar a missão cubana no Haiti, mas ficará mais orgulhosa ainda em integrar a missão do nosso próprio país ou, melhor ainda, de uma Brigada Binacional Brasil-Cuba. Essa é a nossa expectativa”, defende Janilson.

Equipe brasileira:

Dr. Janilson Lopes Leite (AC)
Dr. Cristian dos Santos (MA)
Dra. Fabiana Valério (RN)
Dra. Sarah Zapico (MG)
Dra. Marina Corradi (MG)
Dr. Tony Gleuber Pereira (SE)
Dr. Pedro da Costa (SE)
Dr. Marcio Camargo (MS)
Dr. Adriano Oliveira (PR)