Pular para o conteúdo

PRF manterá postos de fiscalização fixos nas BRs neste Carnaval

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) manterá dois postos de fiscalização fixos nas rodovias federais que cortam o Acre neste Carnaval. Um vai funcionar no entroncamento de Xapuri, na BR-317, e o outro no km 9 da BR-364. Duas unidades móveis também serão utilizadas no patrulhamento.PRF323
A Operação Carnaval teve início às zero horas de ontem em todo país e só se encerra às 24h da Quarta-Feira de Cinzas. Durante este período 66 mil quilômetros de rodovias federais estarão em permanente fiscalização, tendo como missão a redução dos acidentes nas estradas.

Segundo o superintendente regional da PRF no Acre, inspetor Silveira, a meta é reduzir de três para dois dígitos o número de ocorrências registradas nas estradas neste período. Em todo Estado, 1.536 km de rodovia estarão em observação.

Para atingir o objetivo a PRF utilizará todo o seu efetivo. Somente os policiais que estão de licença ou de férias serão liberados. Cada equipe será composta por quatro agentes. Seis equipamentos de bafômetros serão utilizados para dar suporte à operação.

De acordo com as estatísticas, a combinação entre álcool e velocidade é o principal causador de acidentes. Levantamentos mostram também que 75% dos acidentes mais graves ocorrem em trechos de reta, onde o motorista sente confiança para cometer abusos ao volante.

Diante dos números, a polícia pede a colaboração dos condutores, alertando para os riscos do excesso de velocidade e das ultrapassagens indevidas e ressaltando que o motorista sob efeito de bebidas alcoólicas perde reflexos e sobrevive por menos tempo se estiver preso nas ferragens.

Planejando a viagem
A PRF chama a atenção dos condutores que pretendem deixar a cidade para que planejem bem a sua viagem. A primeira preocupação é com o veículo. Além da documentação devida, os motoristas não podem esquecer de verificar o sistema de frenagem, o óleo lubrificante, o nível da água no radiador e o sistema de iluminação, além de outros itens básicos de revisão.

A PRF alerta que a mobilização do veículo por falta de combustível, além de prejudicar a fluidez das vias, é infração de trânsito, com previsão de multa e remoção do veículo. Silveira orienta também que os motoristas peguem à estrada no máximo até às duas horas da tarde, evitando assim viajar a noite.

Outra dica é nunca pegar o volante após o almoço. “Temos registro de motoristas que iniciaram viagem logo após o almoço e foram vencidos pela sonolência, resultando em acidente”, avisa.

Riscos na estrada
Além da presença de animais na pista – algo muito comum nas rodovias federais do Acre – os motoristas também devem ficar atentos aos veículos estacionados à margem da pista, principalmente no horário noturno.

Silveira informa que já existe Resolução proibindo a presença de caminhão parado a margem da estrada, algo que comprovadamente aumenta os riscos de acidentes, principalmente quando estes estão próximos as curvas e tiram a visão dos motoristas. Os veículos que forem pegos nesta situação serão guinchados e os motoristas multados.