Corpo de trabalhador braçal é encontrado em Senador Guiomard

Morte  pode está relacionada a vingança de um assassinado ocorrido há dez anos em que Edvaldo é acusado de ser o autor

Por volta de uma hora da madrugada de hoje,quinta-feira, 18, uma denúncia anônima a Polícia Militar do município de Senador Guiomard, distante cerca de 20 km da capital acreana, levou a polícia a localizar o corpo de Edvaldo Morais Brito, 43 anos, que apresentava marcas de estrangulamento.

 trabalhador

O corpo foi abandonado na Rua Doutor Sebastião Dantas, centro daquela cidade. Com manchas de sangue na blusa, boca e nariz e uma cueca envolta do pescoço.

A ausência de sangue no local do crime levantou a suspeita de que Edvaldo tenha sido assassinado em outro local e o corpo desovado no centro em uma tentativa de despistar a polícia.

Segundo o que investigadores da delegacia central de Senador Guiomard conseguiram apurar, a vítima morava no município de Xapuri e havia chegado a Senador Guiomard na manhã de quinta-feira, onde foi visitar a família e retornaria para Xapuri na manhã de quinta-feira, 18.

Segundo informações de uma cunhada da vítima, na tarde de quarta-feira, 17, Edvaldo saiu da casa onde estava hospedado para ir até a residência de um irmão e não mais retornou.

A Polícia  suspeita que Edvaldo tenha sido morto por vingança, pois foi descoberto que há dez anos ele teria assassinado um homem em Senador Guiomard, mas por enquanto são especulações e as investigações continuam no sentindo de descobrir quem matou, qual o motivo e em que local, pois onde o corpo foi encontrado a polícia já descartou como sendo o cenário do crime.

trabalhador1

trabalhador2

trabalhador3

trabalhador4

Assuntos desta notícia

Join the Conversation