Pular para o conteúdo

Lula diz que não pretende voltar em 2014

lula6
Na véspera de participar do 4.° Congresso Nacional do PT, que amanhã sacramentará a candidatura da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, à sua sucessão, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva avisou que a herdeira do espólio petista, se eleita, deverá ficar dois mandatos no cargo. Em entrevista ao Estado, Lula negou que tenha escolhido Dilma com planos de voltar ao poder lá na frente, disputando as eleições de 2014. “Ninguém aceita ser vaca de presépio e muito menos eu iria escolher uma pessoa para ser vaca de presépio”, afirmou o presidente. “Todo político que tentou eleger alguém manipulado quebrou a cara.” A dez meses da despedida no Palácio do Planalto, Lula disse que o ideal é deixar as “corredeiras da política” seguirem o seu caminho.

 “Quem foi eleito presidente tem o direito legítimo de ser candidato à reeleição”, insistiu. “Eu tive a graça de Deus de governar este país oito anos.” Uma eventual gestão Dilma, no seu diagnóstico, não será mais à esquerda do que seu governo. Ele admite, no entanto, que, no governo, ela vai imprimir “o ritmo dela, o estilo dela”. Na sua avaliação, porém, diretrizes do programa de governo de Dilma, que o PT aprovará hoje, podem conter um tom mais teórico do que prático. (Folha on-line)