“Morto Vivo”

Morto_VivoCearense de Baturité, no Pé da Serra, o agricultor, Leônidas da Silva Mendonça (foto), 63, morador do bairro Seis de Agosto, lutou dois anos para provar que estava vivo. O fato é que quando chegou a Rio Branco, após tratamento de saúde em Goiânia, deram-lhe ‘estranhamente’ um atestado de óbito, na realidade, ele chegou aqui já com o documento na mão, aí para provar que estava ‘vivinho da silva’ enfrentou uma longa batalha judicial que depois foi resolvida.

Agora com problema no coração, ele precisa de ajuda para viajar e continuar o tratamento fora do Estado, tomara quando chegar ao destino, não enfrente os mesmos problemas e volte bem a Capital para contar a história.

FALA POVO

Pé gigante
sapato_grandeSe você deseja comprar um tênis ou mesmo sapato acima do número 45 não vai encontrar em Rio Branco, o pé do rapaz da foto é 47, quando ele quer um pisante, precisa viajar para fora do Estado. Fica o alerta então, para os lojistas do setor, se preocupar mais com os chamados ‘gigantes’, inclusive da nova geração, pois tem adolescente com quatorze anos que já calça 40, fora a altura beirando um metro e noventa.

DICAS IMPORTANTES

Escolha a hora certa
Senso de oportunidade é um talento primordial, que mistura doses variáveis de ciência e intuição. Em 1960, os executivos da Xérox, que era apenas uma empresa emergente, estavam convictos de que o modelo 914 – marco divisor na história das copiadoras – era muito mais prático e simples do que os concorrentes. Para que isso ficasse bem claro, eles fizeram barulho apresentando o peixe deles na Central Station de Nova York, um dos lugares mais movimentados da cidade. Em 1961, 10 mil dessas copiadoras já haviam sido instaladas, dobrando o faturamento da empresa em apenas dois anos.
Se você não tem uma Xérox 914 para oferecer e se o dia-a-dia no seu local de trabalho nem de longe lembra a Central Station, é melhor ser mais sutil.

QUESTÃO DE DIREITO

Como o ano é de eleição, nunca é tarde para lembrar que o mandato é do partido e não do candidato que se elege, mas, há um velho e sábio brocardo jurídico segundo o qual quem usufrui os bônus, arca com os ônus. Em desusado latim, ubi comodo, ibi incomodo, ou seja, aquele que escolhe mal os seus prepostos ou agentes tem a obrigação de reparar os danos causados pelo escolhido. A doutrina e a jurisprudência consagram, sem controvérsias ou vacilações, a teoria da culpa in eligendo, portanto, quem elege o legislador ou o membro do Poder Executivo é o povo, o eleitor, e os partidos políticos são solidariamente responsáveis pelos erros causados, e segundo o advogado Celso Mori, o Ministério Público tem a obrigação, e os demais legitimados para as ações civis públicas de reparação de danos exigindo no caso, as ações cabíveis na Justiça, ao governante que pratica atos ilícitos. Reparação material e moral. É mole?

MENSAGENS

Nossos cumprimentos pelo aniversário da coluna.
Cordialmente,

Migalhas

Parabéns pelo primeiro aniversário da coluna A VOZ DO POVO do Acre, espaço democrático
de luta.

Emerson Rodrigues,
Presidente Nacional do MNBD – Movimento Nacional dos Bacharéis de Direito

barata1
BARATA NO PRATO

Repercutiu a notícia divulgada semana passada pela coluna sobre uma cliente que após a ingestão de barata, foi indenizada (R$ 2 mil) em Porto Alegre, por danos morais.

ÚLTIMAS DO DIA

* Considerado como o “samba do crioulo doido”, tendo como pano de fundo o controle social da mídia, a terceira edição do Programa Nacio-nal de Direitos Humanos (PNDH-3), deve parar no STF. A proposta partiu do jurista Ives Gandra que se reuniu com dirigentes da Associação Nacional dos Jornais (ANJ), Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e TV (Abert) e a Associação Nacional dos Editores de Revistas (Aner). Na oportunidade, a presidente da ANJ, Maria Judith Brito, classificou o documento do Governo como “excrescência”, ou seja, uma afronta a liberdade de imprensa…

* …enquanto isso no mundo árabe, o jornalista saudita Yehia al Amir, pode ser castigado pela Sharia (Lei Islâmica), é que ele chamou o profeta Maomé de “selvagem”, e isso, naquela região, é considerado insulto grave.

* O juiz Sabino da Silva Marques é o mais novo de-sembargador do TJ/AM. Assume o cargo após ser convocado ao longo de vários anos para compor o Pleno da Corte. Ocupará a vaga de Jovaldo Aguiar, que foi aposentado compulsoriamente pelo CNJ.

* Apesar de janeiro ter sido estável, o nível de emprego na construção civil caiu 9,67%. Nada de preocupante, quando o verão chegar o setor normalmente reaquece…

* …falando nisso, o presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil, Carlos Sassai e empresários de outros setores da economia local, se preparam em abril para realizarem uma viagem de negó-cios na China.

* Futuramente, poderá ser criado um Museu de Guerra na região. O Instituto Histórico del Pacífico dirigido pelo conhecido historiador peruano Oscar Ferreyra, tem interesse em promover intercâmbio entre Lima e Rio Branco. O órgão é especializado em arqueologia das guerras do século XIX.

* Já disse e repito, o “apressado come cru”. Equivocadamente se divulgou que Nílson Areal estava prestes a voltar para a prefeitura de Sena Madureira, prepararam até festa. Na verdade, apesar de seu esforço pessoal, além da soma de recursos impetrados, juridicamente as chances dele são mínimas e deve acontecer mesmo eleição no município…

* …digo isso, por achar muito difícil a hipótese do ministro do TSE, Félix Ficher, ter voltado atrás de uma decisão que já era sua, se o prefeito tivesse autorização da Corte voltaria de imediato ao cargo. O problema foi de interpretação real da lei…

* … aliás, depois da prisão de Arruda em Brasília, os políticos de maneira geral precisarão fazer campanha, obrigatoriamente com o Código Eleitoral debaixo do braço, do contrário terão sérios problemas, pois a Justiça não estar de brincadeira.

* A derrota do Estrelão, contra o Nauas no domingo passado, fez um estrago danado no Rio Branco, já se fala em mudança na comissão técnica. Mauro Fer-nandes que foi campeão brasileiro pelo Atlético Goianiense, pela Série C do Campeonato Brasileiro de 2008, poderá ser chamado pelos cartolas do Clube. Futebol é resultado!

* Finalmente na próxima semana uma carta muito interessante que passou de uma cela a outra do bloco feminino do Presídio Francisco de Oliveira Conde, será divulgada. São fatos, curiosidades – nem sempre pitorescos – que a população acaba não tendo conhecimento, mas encontra abrigo na A VOZ DO POVO.

* Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá devem receber o veredito ho-je, no máximo amanhã. O casal é acusado de matar a pequena Isabella, que caiu da janela do 6º andar do edifício London, em março de 2008. Provavelmente o pai deve pegar uma pena maior do que a madrasta. A conferir!

* Lembram-se do “Cara Murcha” personagem recente da coluna, brevemente poderá reencontrar a família no Nordeste. O diligente policial civil, Fernando Santos, está fazendo um pente fino, ajudando a identificar o “rico que virou pobre” e por que cargas d’água veio parar no Acre.

* Vamos esperar o resultado. Até a próxima sexta-feira.

Assuntos desta notícia


Join the Conversation