Aragão sem solução na Globo

Nem sempre tudo funciona como a TV Globo deseja. Alguns dos seus problemas, como das outras emissoras e dos simples mortais, às vezes se mostram complicados e não encontram soluções. Situações, enfim, que se colocam acima do que é possível.

Um novo programa para o Renato Aragão pode ser colocado entre eles, como exemplo da vez.

O superado “A Turma do Didi”, dependesse unicamente da vontade do alto comando global, já seria coisa de arquivo. Não estaria, mas de jeito nenhum, nos planos da grade deste ano. Antes de tudo, via-se como algo de extrema necessidade um projeto novo para o comediante e que de alguma forma pudesse fortalecer o começo das tardes dos domingos.

Só que, passados cerca de oito meses de conversa, rigorosamente nada de mais interessante foi encontrado para ocupar o seu lugar. Nenhuma das ideias apresentadas acabou vingando.

“A Turma do Didi”, do jeito que sempre foi, e na falta de melhor opção, está garantida na nova grade a partir de abril.
Novidades se existem, estão definidos uma outra edição do seriado “Acampamento de Férias” em julho, e o especial de 50 anos do personagem “Didi” em novembro.

Tudo certo
Está confirmada a participação do padre Hewaldo Trevisan em “Viver a Vida”.
Como ator, ele irá celebrar o casamento dos personagens Luciana e Miguel, vividos por Alinne Moraes e Mateus Solano.

Revezamento
Com a saída do Cleber Machado do “Arena”, programa do canal SporTV, Milton Leite e Maurício Noriega ficam responsáveis pela sua apresentação.
Por enquanto, só os dois, na base do dia sim, dia não. Revezamento.
De qualquer maneira, ainda se discute a possibilidade do Cleber aparecer de vez em quando.

Passo errado
Dentro do próprio SBT, há uma oposição forte ao jornal policialesco “Boletim de Ocorrência”, primeira edição, às 7 da noite.
Entende-se que a chance de superar a Record e a Bandeirantes no horário, com o mesmo tipo de produto, é próxima de zero.

Turma
Sérgio Marone e Marcos Pasquim, de “Caras & Bocas”, deverão estar no próximo trabalho de Walcyr Carrasco, na Globo, na faixa das 19 horas.
Pelo menos esse é o desejo do autor.
 
Não confirma
Rolou um papo na Bandeirantes que Elisabetta Zenatti, ex- diretora do Artístico, poderia assumir o novo programa de Adriane Galisteu nas noites de terça.
A assessoria da emissora nega. Nos bastidores, fala-se inclusive numa distância regulamentar entre as duas.
 
Fim de linha
Chegou ao fim o contrato de Ana Lucia Torre na Globo. Foram, durante muitos anos, dezenas de trabalhos e o mais recente em “Caras & Bocas”.
Agora ela está na expectativa de um novo chamado.
 
Semana Santa
Nos dias 1º e 2 de abril, às 22h15, a Bandeirantes vai exibir “Paixão de Cristo”, série em dois episódios co-produzida por BBB e HBO.
A história é contada de três pontos de vista diferentes: as autoridades religiosas, os romanos e Jesus Cristo.

Fernanda-LIma
Agora não

A Globo informa: “Amor e Sexo”, programa da Fernanda Lima, continua nos planos. Terá novas edições este ano. Mas só no segundo semestre.

BATE E REBATE

* A quem interessar possa: Flávia Alessandra e Otaviano Costa continuam mais casados do que nunca.

* Papo que corre: Adriane Galisteu, até por causa da gravidez, pode se afastar da TV por tempo indeterminado.

* E só retornar quando encontrar um projeto que realmente valha a pena.

* João Gordo da Record é exatamente o mesmo da MTV, mas com uma diferença. Diminuiu bastante o número de palavrões

* A reclamação é a mesma do primeiro dia: continua ruim demais a captação de áudio na novela “Uma Rosa com Amor” do SBT.

* Serginho Groisman, ainda este ano, pretende fazer gravações do seu “Altas Horas” na Inglaterra e Canadá.

* Tuca Andrada, ator, pode trocar a Record pela Globo. Tem conversa.

* Petrônio Gontijo é outro que pode tomar o mesmo caminho.

* Suzana Vieira só não vai fazer a novela do Aguinaldo Silva se não quiser. Papel, segundo ele mesmo, sempre tem para ela.

* Mas alguém tem dúvida que ela não vai querer?

C´est fini

O programa do Gugu, na Record, nas últimas semanas, tem mostrado vários artistas que passaram recentemente pelo “Qual é o seu talento?”, do SBT.
E além de apostar nesse pessoal, a Record, na quarta-feira, tirou uma produtora do “QST”, Ane Alves, que estava na Anhanguera desde o primeiro “Ídolos”.
Ela é o novo reforço do “Gugu” e irá selecionar candidatos para a atração. 
E acho que chegou ao fim aquela brigaida toda. A Record está novamente fornecendo os números do Ibope.
Resta saber se depois daquele entrevero aconteceu alguma coisa diferente. Mudou o Ibope ou mudou a Record?
Ficamos assim. Amanhã tem mais. Tchau!

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation