Band pretende estrear um “BBB” ambulante

A Bandeirantes, se nada for alterado, vai estrear no segundo semestre, entre os meses de agosto e setembro, um novo reality show com o título de “Busão do Brasil” – registrado.

Até onde se sabe, o programa já tem todo o seu esquema comercial fechado. Um importante patrocinador, que ainda não é revelado, deu sinal verde e ficará responsável pelo custo de produção.

Trata-se de um “Big Brother” ambulante. Os seus participantes são trancados num ônibus, que irá circular, durante determinado período, por alguns dos mais importantes estados brasileiros. São Paulo, Rio, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Minas e Bahia já estão no circuito.
Falta definir o apresentador.

Curiosamente, também para este ano, a Rede TV! vem anunciando a estréia de “O Último  Passageiro”, Last Passenger, formato da Endemol, mas que acontece dentro de um estúdio.

Pelo jeito essa é uma das poucas diferenças.

É aquela velha história. Ninguém mais pensa ou cria nada. Compra pronto.

Corrida maluca
Algumas montadoras de carros, nos intervalos da TV, já de alguns dias vêm anunciando – e, naturalmente, querendo vender – modelos 2011.
Que pressa! 2010 ainda nem embalou. Nem sei se isso está certo.
 
É o cara
Nos dias atuais, em qualquer lista do campo do humor, o nome do Márvio Lucio – traduzindo: Carioca, do “Pânico” – tem que necessariamente aparecer entre os três melhores.
Está – é importante reconhecer – no melhor da sua forma.
 
Sempre ele
Afobado, Galvão Bueno anunciou a bandeirada no GP do Bahrein uma volta antes da final.
Culpou o sofá, também conhecido como computador.

Foi bem
A Indy deu um resultado de audiência bem interessante. A Bandeirantes fechou com 8 de média durante a transmissão da corrida.
Poderia ser melhor se não houvesse a paralisação de quase 40 minutos por causa da chuva.

Divisão exata
Na Indy, a Band fez o seguinte: vestiu o seu alto comando de preto. Entenda-se o dono, vices e diretores mais importantes.
Todos os demais, com uma camiseta branca.

Noite de quinta
Nova prova de resistência deve escolher o próximo líder do BBB.
Ganha quem ficar mais tempo dentro do carro – ação de merchandising da Fiat. O ar condicionado e os odores dentro do veículo – em número de 3 – poderão, segundo se informa, ser controlados por internautas.
Consultado, o diretor Boninho confirmou esta possibilidade.
 
Cultura
Julianne Trevisol, atriz, recém-chegada da Europa, volta as suas atenções para um projeto piloto de programa cultural junto com o também ator da Record, Vitor Hugo.
A gravação deve acontecer ainda no mês de abril.
 
Tempo de acertos
Tiago Santiago, responsável pela adaptação de “Uma Rosa com Amor”, se esforça por corrigir os erros da novela, já em sua terceira semana no ar, pelo SBT.
Entre outras coisas, as mudanças irão atingir os diálogos de personagens, que estão muito extensos.
Mas com as gravações bem adiantadas, este é um trabalho que só pode ser realizado na edição.

Parada dura
O seriado “Vida Alheia”, novo trabalho escrito por Miguel Falabella, será exibido nas noites de sexta, após o “Globo Repórter”, conforme informado pela coluna.
Trata-se de uma faixa horária que autores e diretores da casa ligados à área de dramaturgia procuram evitar, devido à queda no número de aparelhos ligados.
Portanto, o produto vai ter a dura missão de conviver com isso ou tentar modificar o quadro, o que é difícil. 

ana-paula-tabalipa--a-iara-
Com este visual moderno, Ana Paula Tabalipa vai aparecer em “Ribeirão do Tempo”, a próxima novela da Record. Iara, sua personagem, é uma jovem descolada que pratica  esportes radicais.

Disco da novela
“Por quê?”, na voz de Rodrigo Faro, será o principal tema romântico da nova novela da Record, “Ribeirão do Tempo”, em gravação.
Também estarão na trilha sonora Tom Zé, Falamansa, Alcione e Saulo Roston, vencedor do “Ídolos” em 2009, entre outros.
Ainda sobre Rodrigo Faro, ele está totalmente focado na carreira de apresentador, mas não descarta outra participação rápida como ator em produções da emissora, como aconteceu em “Chamas da Vida”. 

 

BATE E REBATE

* O SBT vai trocar a direção de alguns dos seus programas. Processo em curso.

* Já o diretor Michael Ukstin, responsável pelo “Teleton” e “Romance no Escuro” do SBT, interessa a Bandeirantes.

* Teria a volta do Vildomar Batista alguma coisa a ver com o “Programa do Gugu”? Na Record, há quem entenda que sim.

* O autor Silvio de Abreu está com linha direta para a Itália, acompanhando do seu escritório, em São Paulo, as externas de “Passione” naquele país.

* Apesar do frio, tudo segue conforme o roteiro.

* O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, foi quase um artista exclusivo da Band no final de semana.

 * Depois de todo o processo da Indy, ele ainda foi o entrevistado do “Canal Livre” no final da noite de domingo.

* “Zorra Total” foi bem no sábado. Registrou, com 25 de média e 49 de participação, a sua melhor audiência deste ano.

Matéria incompleta
A Globo cometeu um erro que não deveria no “Hoje” de ontem.
Na matéria do glúten, insistiram com o professor Marcello Bronstein, por acaso marido da Silvia Poppovic, se a presença dessa substância em vários alimentos causava algum mal à saúde.
Ele acabou respondendo que sim, para quem tinha “doença celíaca”.
Mas ninguém perguntou ou esclareceu o que é a “doença celíaca”. O telespectador ficou de tonto. Teve que procurar o dicionário, a internet ou um outro médico. Não é assim.

C´est fini

A Bandeirantes dá o “start” da Copa do Mundo na semana que vem, com a viagem de alguns dos seus diretores – liderados pelo vice Marcelo Meira – para a África do Sul.
Débora Falabella e Humberto Martins vivem papéis importantes em “Sinhá Moça”, produção de 2006, atual cartaz do “Vale a pena ver de novo”, na Globo.
Curiosamente, os mesmos atores serão protagonistas em “Escrito nas Estrelas”, a substituta de “Cama de Gato”, que estréia em abril.
Ficamos assim. Mas amanhã tem mais. Tchau! 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation