Política local 06/03/2010

“Alguém pode me dizer onde foram parar os recursos do Incra para os ramais de Xapuri?”

Pergunta do deputado Chagas Romão (PMDB), em discurso na Aleac.

 É o que se espera
A composição antiga do Tribunal Regional Eleitoral do Acre, em sua maioria, deu belos exemplos de combate à compra de votos, com várias cassações de prefeitos. O que se espera dos novos membros do TRE é que, como medida preventiva, eles monitorem as campanhas milionárias que começam tomar contorno nas eleições para deputado estadual nesta eleição. O apelo vai diretamente ao presidente da corte, desembargador Arquilau de Castro Melo.

New comunista
O deputado Hélder Paiva (PR) está certo em trabalhar para ficar na coligação do PCdoB, onde terá uma disputa mais fácil por uma das vagas na Aleac, caso fosse para a coligação do PT.

Não menos
Na coligação PT-PDT o candidato terá que ter um mínimo de 4 mil votos para se garantir.

Não impede
O deputado federal Flaviano Melo (PMDB) contesta as afirmações que seu partido faz o jogo do PCdoB em lançar dois candidatos a senador, por achar que isso não in-viabiliza a oposição.

Voto últil
Acha Flaviano que a oposição, lançando três candidatos a senador, o eleitor vai votar no que tiver melhor condição de ficar com uma das vagas do Senado, no chamado voto útil.

Cartas na mesa
Sobre a Câmara Federal, diz ele que chamará o deputado federal Silas Câmara (PSC) e a mulher Antonia Lucia, para lhes mostrar que o PSC entrando a chapa, o PMDB elegerá  dois nomes.

Bom entendedor
Com a ira dos dirigentes do PMDB do tucano Tião Bocalom, dá para se deduzir que, caso ele chegue ao segundo turno, só teria o apoio dos peemedebistas se desabar chuva de canivete.

Imã ao contrário
Não se tira o mérito do Tião Bocalom (PSDB) de ser um político obstinado, mas, tem um imã que por onde passa ao invés de atrair, desagrega: foi assim no PSDB e agora com o PMDB.

Meros indicadores
Começam a aparecer as primeiras pesquisas para governador e senador. Como a campanha não começou, os resultados vão servir apenas como meros indicadores de tendências.

Novo comando
O deputado Gilberto Diniz (PTdoB) voltou ontem de Brasília com o comando do partido no bolso, e deverá indicar como o novo presidente da executiva regional o primo Macmaillan.

Cheirando a jogada
Passarinho passou cantando aqui perto de que esta reviravolta no PTdoB tem por objetivo renegociar em bases altas com o governo  o retorno do partido para a Frente Popular do Acre.

Leva chumbo
O deputado Gilberto Diniz (PTdoB) tem que ficar esperto: macaco que muito pula de galho desperta o caçador e leva chumbo.

Boa base
O candidato a deputado estadual Geraldo Pereira (PT), conseguiu montar uma boa base de apoio na PMRB para a sua candidatura, mostrando uma habilidade que dele se desconhecia.

Da maior tolice
É uma tremenda bobagem as críticas da “cumpanherada” da coligação PT-PDT à estrutura da sua campanha, porque quanto mais votos ele tiver, ajuda a legenda a eleger mais deputados.

Puxão de orelha
O vereador Rodrigo Pinto (PMDB) levou um puxão de orelha pela sua inércia dos dirigentes do PMDB e caiu em campo. Na próxima semana vai subir o Juruá até Marechal Thaumaturgo.

Boa guia
Como guia e mestre de cerimônia vai junto a deputada Antonia Sales (PMDB), que conhece os moradores de cada igarapé, cada furo, cada sacado, cada Paraná, daquele trajeto.

Nomes qualificados
O PT tem em sua chapa nomes qualificados, podendo se citar, entre eles, Merla Albuquerque e Ermício Sena, que por certo não fariam vergonha na Assembléia Legislativa.

Contabilidade do PMDB
O PMDB trabalha com a contabilidade de eleger três deputados estaduais: Antonia Sales, Chagas Romão, e a terceira vaga aberta para uma disputa embolada.

Favoritismo confirmado
Este ano já vi três pesquisas feitas pela oposição para o governo: em todas elas o senador Tião Viana (PT) aparece liderando bem à frente dos demais, o que comprova o seu favoritismo.

 Muito tempo
Levará muito tempo antes que esta situação política de Sena Madureira venha se resolver, e se haverá ou não uma nova eleição. O atual prefeito Wanderley Zaire vem se saindo muito bem.

Só zebra
Na coligação PT-PDT só uma zebra de listras graúdas derruba a reeleição dos deputados Walter Prado (PDT) e Luiz Tchê (PDT), que trabalham bem na organização da campanha.

 Mais chance
Costumo perguntar aos cruzeirenses quem possui mais chance de se eleger deputado, se Itamar de Sá (PT) ou Francisco Deda (PP), e a maioria das respostas apontam o Deda.

Melhor candidata
É disparado respondem que a deputada Perpétua de Sá (PT), esposa de Itamar de Sá, seria uma candidata bem mais forte do que ele, pela sua simpatia natural.

Primeiro páreo

Resultado do primeiro páreo corrido ontem no “Hipódromo do Senado” da Capital:  o corcel Estrela Vermelha cruzou a linha de chegada em 60 segundos. No segundo lugar veio potro Cabeção com 39 segundos. No terceiro cruzou o tordilho Bitarito fechando em 29 cravados, e em seguida o cavalo Camarada com 17s. Os demais concorrentes chegaram se arrastando com vários minutos atrás, acabando por serem desclassificados pela lerdeza durante a corrida

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation