Política local 11/03/2010

“O Samu criou uma burocracia para atender chamadas, que pode custar vidas”.

Do deputado Donald Fernandes (PSDB), ontem, na Aleac.

 Não estamos no stalinismo
Sabe-se que não partiu da mesa diretora, mas não se sabe quem foi o autor ou autora da ordem imbecil de deslocar a tropa de choque da COE para dar “as boas vindas” à comissão dos manifestantes pró-emancipação de Vila Campinas, que foram ontem entregar um manifesto aos deputados. Alguém tem que dizer a quem determinou a ida do aparato de força que estamos num Estado de Direito, que permite a livre manifestação e não no stalinismo.

Que democracia é essa?
Já no último fim de semana colocaram a polícia para impedir que agricultores dos municípios do Vale do Acre fizessem uma pacífica manifestação em Capixaba por melhoria nos ramais.

Fora do páreo
O ex-deputado federal Márcio Bittar (PSDB) comunicou esta semana ao seu grupo político no Juruá que desistiu de ser candidato ao Senado e vai disputar vaga na Câmara Federal.

Metas políticas
Márcio Bittar tem como meta se eleger e disputar a prefeitura da Capital, na próxima eleição.

Caminho aberto
Assim o caminho fica aberto ao deputado federal Sérgio Petecão (PMN) para conseguir a indicação única na coligação DEM-PSDB-PMN-PSL-PTdoB-PPS para disputar o Senado.

Nome popular
Não menosprezem uma candidatura do Petecão ao Senado: foi o mais votado na Capital para a Câmara Federal, bem votado para a PMRB, e nas pesquisas atuais só perde para o Jorge Viana.

Sem queixas
O prefeito Raimundo Angelim montou um atendimento da PMRB aos desabrigados, que é exemplar: não falta apoio e uma boa alimentação. Por isso não se ouve queixas.

Nomes prioritários
Deputado Moisés Diniz e o vice-prefeito Eduardo Farias são os nomes prioritários da cúpula do PCdoB para disputar vagas na Assembléia Legislativa.

Perfis qualificados
O deputado Moisés Diniz (PCdoB) está entre os melhores profissionais da atual legislatura na Aleac, e o vice-prefeito Eduardo Farias (PCdoB) tem tudo para ser um bom parlamentar.

Conversa com a cúpula
O secretário Nacional do PTB, Norberto Martins, se reúne hoje na Capital, às 17 horas, no Hotel Guapindaia-Centro, com a executiva regional do partido para uma discussão política.

Situação regional
Na ocasião deverá entrar em debate a atual situação do PTB e o seu rumo político.

 Outro PTB
Depois que a ex-governadora Iolanda Lima assumiu a direção do PTB o partido saiu do buraco e pela primeira vez, ao longo dos últimos anos, poderá eleger um deputado estadual.

Carão evangélico
O vereador Astério Moreira (PRP) chamou às falas o presidente da Câmara Municipal, Jessé Santiago (PSB), por deixar de lado a administração da Casa para fazer campanha a federal.

Um batalhador
Não conheço nenhum morador de Vila Campinas que batalhe mais pela emancipação política da região do que o popular Charqueiro. É um mérito que dele não se pode tirar.

Abandono geral
Vila Campinas foi completamente abandonada pelo prefeito de Plácido de Castro, Paulinho Almeida (PT), que nomeou apenas um subprefeito de enfeite para receber salário.

Política e religião
Quem estará amanhã, às 8 horas, na Igreja Renovada, fazendo uma palestra com o tema “O Cristão é a Política” é a famosa conferencista evangélica Valnice Milhomem.

Cota dos honrados
O patrocinador do evento que deverá reunir pastores das mais variadas denominações evangélicas, é o deputado federal Henrique Afonso (PV), da cota dos nossos políticos honrados.

Subindo os rios
Quem embarca hoje à Ta-rauacá para um tour político pelos rios da região é o deputado federal Gladson Cameli (PP), que aparece como bem situado para a reeleição nas pesquisas.

Coligação formada
O vereador Astério Moreira (PRP) diz que a coligação do seu partido com o PRB e PV está sacramentada para a disputa de vagas de deputado estadual, com chance de eleger dois.

Não assume
O deputado Roberto Filho (PP) pode protestar o tanto que quiser, mas a atual legislatura vai se encerrar e ele não assumirá na Aleac, porque esta é, antes de tudo, uma decisão política.

 Não pode reclamar
E Filho não pode reclamar da mesa diretora da Aleac, que o manteve como deputado, mesmo o TRE-AC tendo determinado a posse do então primeiro suplente Nuno Miranda.

Estrada larga

Com a retirada de Márcio Bittar (PSDB) da disputa do Senado, optando por tentar ser o mais votado para a Câmara Federal, o caminho na briga pela segunda vaga de senador na oposição fica mais largo para a candidatura do deputado federal Sérgio Petecão (PMN), muito bem nas pesquisas, se consolidar como o nome mais forte a brigar pelo cargo dentro oposição.

 

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation