Política nacional 31/03/2010

“A opinião dele (Lula) é que eu fique”.

Henrique Meirelles, sobre sua saída da presidência do Banco Central.

Em Minas, Aécio põe Anastasia no 2º turno 
Pesquisa Vox Populi indica que, surfando na popularidade de Aécio Neves, Antonio Anastasia, substituto do tucano no governo de Minas, chegará ao segundo turno da disputa pelo governo estadual, seja qual for o adversário. Mas, neste momento, em todos os cenários, o candidato mais forte é o ministro das Comunicações Helio Costa (PMDB), com 43% das intenções de voto, contra 22% de Anastasia.

Opção Pimentel
Se a oposição a Aécio Neves apoiar o ex-prefeito de BH Fernando Pimentel, o petista teria hoje 39% dos votos, contra 24% de Anastasia.

Se for Patrus…
Em um cenário contra o ministro do Fome Zero, Patrus Ananias, o tucano Antonio Anastásia teria 27% contra 32 do petista.

Conhecimento
Segundo o Vox Populi, 93% dos mineiros conhecem bem Helio Costa, contra 54% que afirmam saber quem é Antonio Anstasia.

Pó de mico
Diego Maradona foi mordido ontem em Buenos Aires, Argentina, por seu cachorro de estimação. Ambos passam bem.

Advogado
Orientado pelo advogado, o ex-vice-governador do DF Paulo Octavio não respondeu a Durval Barbosa, delator do mensalão do DEM, que não falou muito na CPI da Corrupção, mas o acusou de achaque. “Isso é um disparate”, reagiu o advogado Antônio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, batendo firme no delator: “A cidade não pode ficar refém desse sujeito; não tem moral e sua palavra não tem qualquer valor jurídico”.

Achaque
Durval Barbosa disse à CPI da Corrupção porque estava “cansado de ser achacado” por José Roberto Arruda e Paulo Octavio.

Só com perícia
Kakay disse que só os vídeos da Durval Filmes têm valor, “mas mesmo assim precisam ser periciados pela Polícia Federal”.

‘Sem provas’
O advogado de P.O. diz que a PF consegue confirmar apenas 5% das acusações de Durval: “Ninguém apoiou suas acusações”.

Sonâmbulo e cego
O senador Eduardo “lexotan” Suplicy exagerou na dose, no Senado: elogiou Lula, d. Marisa e até os filhos do presidente “pelo apoio” ao “belíssimo trabalho” na política externa. Até Lula deve ter corado.

Moda chinesa
A China está na moda no governo: quem vai com um assessor dia 9, e volta dia 20, é o ministro Jorge Félix (Segurança Institucional). A local incerto no exterior vão oito arapongas. Tremei, cartões corporativos!

Para o maridão
Paulo Octavio se manteve discreto, na inauguração do shopping Iguatemi Brasília, do qual é parceiro. Mas, ao cortar a fita, sua mulher Anna Christina Kubitscheck, com lágrimas nos olhos, apontou para ele e afirmou: “É para você”. E ele se emocionou.

Escapada
No auge das manifestações de entidades controladas pelo PT em São Paulo, semana passada, José Serra pegou um jato e passou o dia em BH, incógnito, enquanto divulgavam que ele estava no Bandeirantes.

O jogo vermelho
No dia 9, o deputado palmeirense Aldo Rebelo (PCdoB-SP) lança seu segundo livro em um mês, “O jogo vermelho”. Conta o histórico clássico Palmeiras 3×1 Corinthians, em 1945. O objetivo era arrecadar fundos para o Partido Comunista do Brasil em plena ditadura Vargas.

‘Chama eu’
O presidente Obama, dos EUA, está com um problemão: convencer o colega francês Nicolas Sarkozy, que o visita, a mandar mais tropas ao Afeganistão. Ora, por que eles não chamam “o cara” do Brasil?
 
Dinheiro ao vento
O erário procura desesperadamente o bolsista do CNPq, Alexandre de Lemos Pereira, pesquisador da Universidade Federal de Pernambuco. O Tribunal de Contas da União apurou que ele deve R$ 4,1 milhão por abandonar o doutorado em 2008: fez duas pesquisas e tchau.

Deputado Apolinário
O jornalista Apolinário Rebelo, que é irmão de Aldo Rebelo, deixou seu cargo de diretor de Esporte Universidade no Ministério do Esporte para disputar mandato de deputado distrital pelo PCdoB-DF.

Pensando bem…
…a Bancoop é o PAC dos aloprados.

PODER SEM PUDOR

Incerta na madrugada

Jânio Quadros era prefeito de São Paulo, em 1954, e numa “incerta” à delegacia de costumes, pela madrugada, viu dois policiais jogando cartas e o carcereiro cochilando. Pegou as chaves sem ser visto e abriu as celas. Um policial o viu de relance e não acreditou: “Tem um zumbi aí com a cara do prefeito!”, gritou. Jânio apareceu diante deles:
– Acabo de libertar bêbados, prostitutas e maridos enciumados que vocês prendem só para azucrinar. Quanto aos senhores, jogadores aplicados e policiais displicentes, serão demitidos amanhã, a bem do serviço público!

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation