As vagas são para instituições federais de ensino superior, vinculadas ao MEC

Entre as 9.490 vagas para realização de concurso e nomeações, há 4.992 para professor da carreira de magistério superior, 300 para professor da carreira de educação básica, técnica e tecnológica e 4.198 para técnicos administrativos em educação. A portaria não separa quantas dessas vagas são para realização de concurso e quantas são para nomeação.

 O prazo para a publicação do edital de abertura dos concursos é de até seis meses. As nomeações devem acontecer entre os meses de maio e dezembro. A nomeação dos outros155 aprovados deve acontecer a partir de maio de 2010, segundo a portaria. 

Já a Portaria 125 autoriza a rea-lização de novo concurso para contratação de 1.476 cargos de professor da carreira de educação básica, técnica e tecnológica e de 1.624 de técnico-administrativos em Educação, todos os cargos destinados às instituições federais de ensino técnico.

A portaria autoriza ainda a nomeação de 5.000 vagas de professor da carreira de educação básica, técnica e tecnológica e de 3.900 de técnico-administrativos em educação, relativas a concurso já realizado, para fazer parte dos quadros de pessoal das instituições federais de ensino técnico.

A autorização para a realização de novos concursos públicos tem validade de seis meses, prazo em que os editais de abertura deverão ser publicados.

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation