Tribunal de Justiça: 330 vagas até 30 de março

Ainda com um mês para se encerrarem as inscrições, o concurso para o Tribunal de Justiça do Acre (TJ-AC) já soma 14 mil inscritos, de acordo com a FMP, organizadora. O órgão oferece 330 vagas imediatas mais formação de cadastro de reserva, em diversas funções dos níveis médio e superior. Das oportunidades, 87 são para cargos de nível médio e 243 para superior.

A remuneração inicial será de R$ 1.366,79 (médio) e R$ 2.598,16 (superior). Além disso, os funcionários terão acesso a um clínico-geral e um odontólogo, disponíveis diariamente, sem custo adicional. Para todas as funções a jornada de trabalho é de 40 horas semanais.

Os interessados em participar devem se inscrever através do site da FMP até às 18h (horário local) do dia 30 deste mês. No site, o participante irá preencher a ficha de inscrição e escolher o pólo em que pretende trabalhar e onde deseja realizar a prova. Após a conclusão da ficha será gerado o boleto para pagamento da taxa. O valor é de R$ 62,50 para os cargos de nível médio e R$ 102,50 para os de superior. A taxa de inscrição poderá ser paga em qualquer agência bancária.

De acordo com o presidente do TJ-AC, desembargador Pedro Ranzi, os novos servidores serão distribuídos por todo o Estado, porém será destinado um maior quantitativo para a Capital. “Eles irão para todas as comarcas existentes no Acre, mas Rio Branco receberá mais, já que a demanda de processos é maior na Capital”, disse.

Ao final do prazo, os concorrentes receberão, por e-mail, a confirmação da inscrição e do pagamento do valor da taxa. No caso do não recebimento do documento, a organizadora deverá ser comunicada.

O concurso terá três etapas: prova objetiva (eliminatória), redação (eliminatória) e prova de digitação (eliminatória e classificatória), essa somente para candidatos ao cargo de taquígrafo (nível superior). A primeira fase está prevista para 16 de maio.

Segundo o desembargador, tão logo seja publicada a homologação do concurso começarão as nomeações. “Pretendemos começar a chamar em meados de julho, porque temos uma necessidade muito grande”, garantiu. (Folha Dirigida)

 

Assuntos desta notícia


Join the Conversation